sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Naughty Dog se mostra muito contente com o novo diretor do filme Uncharted

Desenvolvedora da famosa série do Playstation 3 vê a mudança do projeto para o novo diretor como “um ótimo sinal,” e disse ter ficado “bastante impressionada com o nível de interesse” mostrado pelos produtores do filme.


A Sony e a Naughty Dog têm tido bastante trabalho para dar início ao projeto de produção do filme Uncharted desde quando ele foi revelado em 2009. O antigo diretor da adaptação, David O. Russell, tinha a intenção de mudar algumas premissas da história, algo que acabou não agradando muito os fãs e, ao que parece, também não convenceu a Sony.


Depois de Russell ter sido retirado do projeto em Maio deste ano, a Columbia Pictures o substituiu por Neil Burger, diretor de Sem Limites e O Ilusionista, uma mudança que a desenvolvedora Naughty Dog chamou de “um ótimo sinal.”

Gears of War 3 vende 3 milhões em uma semana e se torna no maior lançamento de 2011

Franquia chega à marca de $1 bilhão em vendas desde o lançamento do primeiro jogo.


Todo mundo esperava que Gears of War 3 se tornasse em um sucesso e sem sombra de dúvidas ele tem sido até agora. Depois de ter se tornado no mais rápido título exclusivo para Xbox 360 a alcançar a marca de 1 milhão de pré-reservas e de ter recebido grandes elogios da mídia especializada, o jogo conseguiu comercializar 3 milhões de cópias em sua primeira semana, fazendo dele assim o maior título já lançado em 2011.


O anúncio foi feito através de uma nota divulgada pela Microsoft. A empresa declarou que Gears of War 3 conseguiu arrecadar mais do que qualquer outro jogo já lançado neste ano, embora com Call of Duty: Modern Warfare 3 não muito longe de fazer a sua estréia, esta marca pode não durar por muito tempo.

Mesmo que isto aconteça, entretanto, o sucesso do jogo já fez com que a franquia alcançasse a marca bilionária de 1$ bilhão (R$ 1,8 bilhões) em vendas desde o lançamento do primeiro título da série.

Aparentemente, isto fez com que Gears of War 3 se tornasse na primeira franquia exclusiva para Xbox 360 a ultrapassar tal marca. Não ficou claro se está sendo contabilizada também a versão para PC do primeiro jogo (o único de toda a série a ser lançando para outra plataforma além do X360).
Gears of War foi o primeiro arrasa quarteirões do Xbox 360, e a série tem contribuído diretamente para o sucesso da plataforma no geral desde então,” disse o Vice Presidente Corporativo da Microsoft, Phil Spencer, “Gears of War 3 deu início ao maior período de férias da história do Xbox com um grande impacto semana passada, definindo o padrão para estas fantásticas experiências cheias de ação do tipo que os jogadores verão no Xbox 360 neste ano.”
O jogo tem presenciado ainda o número de 3 milhões de usuários únicos conectados à Xbox Live para jogar Gears of War 3 em rede desde o lançamento.
De fato o jogo é merecedor de todo este sucesso. Ele tem recebidos grandes elogios nas análises mundo afora, entre ele o da 1up que afirmou que Gears of War 3 é melhor em uma série de fatores em relação aos títulos anteriores.




FONTE: 1up.com / Industrygamers.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Epic Games acredita que Gears of War 3 venderá pelo menos 6 milhões
- Poder do Xbox 360 ainda não foi usado no seu máximo, afirma o produtor de Gears of War
..............................................................................................................

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Final Fantasy XIII-2 tem data de lançamento anunciada

Estréia na América do Norte acontecerá no dia 21 de Janeiro e na Europa no dia 3 de Fevereiro; o Japão receberá o jogo ainda neste ano, no dia 15 de Dezembro, e contará com uma edição especial do Playstation 3.


A Square Enix anunciou durante a Tókio Game Show deste ano, realizada à duas semanas atrás, as datas de lançamento mundiais de Final Fantasy XIII-2. O Japão receberá o jogo primeiro, no dia 15 de Dezembro, juntamente com um combinado bem bacana do título com uma edição especial do Playstation 3 de 320GB.


Segundo o site da Sony no Japão, a edição se chamará PlayStation 3 Final Fantasy XIII-2 Lightning Edition Ver. 2, e custará 37,960 ienes (cerca de $495, R$ 891).

Final Fantasy Type-0 ganha edição de colecionador no Japão

Edição especial virá com a trilha sonora dividida em três CDs, um livro de cartões postais estrelando os personagens do jogo e uma caixa com um encarte todo especial; edição estará custando R$ 297 e só será comercializado por meio da loja da Square Enix no Japão.


Enquanto que o Ocidente ainda nem sabe quando que Final Fantasy Type-0 será lançado por aqui, no Japão os jogadores têm até a opção de escolher entre a edição normal e uma edição de colecionador do jogo quando ele chegar às lojas do país no dia 27 de Outubro, segundo uma publicação da Andriasang.


Como pode ser visto nas imagens, a edição especial será composta por três itens principais: um livro de cartões postais de 24 páginas, com 8 delas apresentando os personagens do jogo, trilha sonora em 3 CDs, e caixa com uma arte especial.

Obviamente que você receberá também o jogo - formalmente conhecido como Final Fantasy Agito XIII – que virá em dois UMDs, independente da edição que escolher.

Estes tipos de edições são geralmente caras no Japão, e esta aqui não é diferente. O jogo somente custará 7.700 ienes (cerca de $99, R$ 178), um aumento considerável em relação ao preço padrão de um jogo de PSP no país, que é de 5.040 ienes ($64, R$ 115).

Já a edição de colecionador será comercializada por 12.760 ienes, que dá quase o valor de $165 ou R$ 297 com a cotação do dólar de hoje. Final Fantasy Type-0 Collector's Edition será vendido exclusivamente através da loja online da Square Enix no Japão.
Tem se ouvido falar sobre um possível lançamento do jogo nas outras regiões do globo, o que deixa os fãs de Final Fantasy esperançosos por uma edição ocidental, embora isto possa acabar se tornando numa daquelas linhas de produtos PSP Remaster para o Playstation 3.



A Square Enix também abiu uma página dedicada à trilha sonora do jogo, que você pode acessar clicando aqui (site em japonês).


FONTE: 1up.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Final Fantasy Type-0 tem novas informações reveladas
- A marca Final Fantasy tem sido ‘extremamente prejudicada’ por causa de FFXIV, afirma a Square Enix
..............................................................................................................

A marca Final Fantasy tem sido ‘extremamente prejudicada’ por causa de FFXIV, afirma a Square Enix

Presidente da distribuidora reafirma a intenção da empresa de continuar melhorando e dando suporte ao MMO na esperança de “reviver o FFXIV que deveria ser lançado.”


Final Fantasy é uma das marcas mais fortes no Japão e do gênero RPG em geral, mas parece que os seus dias de ouro estão ficando para trás. Durante uma conferência de imprensa realizada em Tóquio noticiada pela Sponichi e traduzida pela Andriasang, o presidente da Square Enix, Yoichi Wada, comentou que os problemas com o jogo Final Fantasy XIV causaram grandes prejuízos à marca Final Fantasy.


A marca Final Fantasy tem sido extremamente prejudicada,” declarou o presidente. Wada reafirmou que a empresa continuará promovendo melhorias em Final Fantasy XIV, que receberá uma nova atualização no dia 4 de Outubro.

Segundo ele, a Square Enix tem implementado melhorias e corrigido erros desde o começo do ano: “Nós continuaremos com o nosso trabalho de reforma, que basicamente se resume a refazer completamente o jogo, e esperamos reviver o FFXIV que deveria ser lançado.”

O MMO da Square Enix tem tido um ano bastante complicado deste o seu lançamento em Setembro de 2010. Além de adiar a versão do Playstation 3, a distribuidora acabou decidindo por cancelar as taxas de cobrança mensais por tempo indeterminado por causa das baixas notas e da insatisfação dos jogadores, e até chegou a culpar o jogo pelos maus resultados do ano fiscal de 2010.

Já sobre uma outra popular série de RPG da Square Enix, Dragon Quest, Wada respondeu a uma pergunta sobre como será o futuro da franquia, dizendo que “Nós continuaremos com uma variedade de [trabalhos de] desenvolvimento, incluindo o online.”

A pergunta é pertinente, já que o recente anúncio de Dragon Quest X se trata também de um MMO com assinatura mensal e exclusivo para as plataformas da Nintendo, o Wii e o Wii U (notícias estas que acabaram fazendo as ações da empresa caírem na época).




FONTE: Industrygamers.com / Eurogamer.net

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Final Fantasy X HD será lançado para PS3 e PS Vita
- Distant Worlds: concerto musical ao vivo de Final Fantasy é lançado em DVD pela Square Enix
..............................................................................................................
  

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Splinter Cell Trilogy finalmente é lançado

Coletânea em alta definição de Splinter Cell, Pandora Tomorrow e Chaos Theory foi lançado ontem para Playstation 3 ao preço de R$ 71,98.


Após diversos adiamentos e um lançamento Europeu já ter acontecido, enfim Tom Clancy's Splinter Cell Trilogy é disponibilizado para o mercado Norte Americano.

A notícia havia sido dada no blog da Playstation, e o lançamento, exclusivo para a plataforma da Sony, aconteceu ontem, dia 27 de Setembro, com o jogo sendo disponibilizado tanto no varejo quanto na Playstation Network ao preço de $39,99 (R$ 71,98).

Todos os três jogos da coletânea rodarão em alta definição e darão suporte à visuais em 3D. O jogo original e suas sequências, Pandora Tomorrow e Chaos Theory, foram todos renderizados em 1080p nativo (embora a saída 720p tenha que ser desativada na XBM para Chaos Theory).

Entretanto, parece que a coletânea acabou não recebendo uma atenção tão especial por parte da Ubisoft. De acordo com uma análise feita pela Digital Foundry, o cuidado mostrado em Splinter Cell está no mesmo nível econômico de atenção dado à trilogia Prince of Persia HD.

Os três jogos foram classificados como “conversões bastante básicas” das versões para PC com alguns pequenos ajustes de interface. Sobre os dois primeiros jogos, a publicação cita ainda uma performance média de quadros por segundo, a remoção das opções multiplayer e texturas desapontastes.

O melhor da coletânea, segundo o site, ficou por conta de Chaos Theory que “por si só conseguiu se sair bem [mesmo] seis anos depois do lançamento original.”


FONTE: Joystiq.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Trilogias Splinter Cell e Prince of Persia chegando ao Xbox 360?    
- Filmes de Splinter Cell, Ghost Recon e Assassin's Creed estão em produção
  
..............................................................................................................

Journey será lançado no 1º Semestre de 2012

Thatgamecompany informa que o jogo ainda precisa de uma série de cuidados e polimentos necessários, com o título ficando agendado para ser lançado no ano que vem.


O criativo e inovador jogo Journey, que está sendo produzido pela thatgamecompany, ganhou um período de lançamento para a sua estréia. E a empresa anunciou por meio do blog da Playstation que o título, exclusivo para o Playstation 3, estará disponível em algum momento do 1º Semestre de 2012.


O título havia sido cogitado anteriormente para ser lançado neste ano, mas de acordo com o fundador do estúdio, Jenova Chen, ainda há “uma série de cuidados e polimentos necessários” a serem feitos nele.

Primeiramente eu gostaria de agradecer ao suporte de vocês durante a versão de testes do nosso próximo jogo Journey,” escreveu ele. “Foi um grande sucesso!”

Neste últimos meses, nós temos sido perguntados sobre a data de lançamento de Journey. Sim, nós não temos dito muita coisa a respeito do nosso lançamento já a um bom tempo principalmente porque nós realmente não podíamos dizer. E nós não queremos soltar uma data que nós não temos certeza, e depois [acabar] desapontando os nossos jogadores.”

E continuou, “Felizmente, a versão online de testes se saiu muito bem, e os nossos constantes testes tem-nos dado ótimos feedbacks sobre o trabalho que nós ainda temos que completar. Enquanto que ainda há uma série de cuidados e polimentos necessários, mal podemos esperar por enfim disponibilizar Journey, a nova investida da TGC nos jogos de aventura online.”

Assim como todos os nossos jogos, Journey é um experimento. No final, o que importa é o que você pensa. Nós estamos felizes por anunciar que Journey será lançado na primavera (EUA) de 2012, então você poderá experimentar a aventura por si mesmo,” concluiu Chen.

Journey tem chamado bastante a atenção e até mesmo recebido grandes premiações durnate a E3 e a GamesCom por sua apresentação e por seu trabalho artístico único. E a Thatgamecompany já é conhecida por trabalhar em títulos interessantes e inovadores, como é o caso de Flower.

Journey se passará numa imensa paisagem aberta aonde os jogadores poderão andar, deslizar e voar enquanto eles exploram a desconhecida história de uma antiga e misteriosa civilização. A adição de elementos online significa que você poderá ter a companhia de outras pessoas em sua jornada e compartilhar experiências de algum tipo no jogo.
.



FONTE: Industrygamers.com / Eurogamer.net

........................................................................................................
Outras notícias:

Team ICO tem trabalhado duro para manter as fases de The Last Guardian imprevisíveis

Conteúdos adicionais da coletânea ICO e Shadow of the Colossus revelam algumas pistas a respeito do que o estúdio está fazendo neste momento.


A não aparição de The Last Guardian na Tókio Game Show deste ano deixou muitos fãs desesperados por alguma novidade do mais novo projeto da Team ICO. Felizmente, e para compensar um pouco as coisas, as versões remasterizadas em alta definição de ICO e Shadow of the Colossus foram lançados ontem, no dia 27 de Setembro.


E, apesar de não haver nenhuma grande novidade ou vídeo de The Last Guardian sendo revelados na coletânea, as entrevistas inclusas nos conteúdos bônus do título revelam o que tem mantido a desenvolvedora tão atarefada nesse momento.

Na medida do possível, o design das fases não devem parecer muito funcionais ou racionais,” explicou o diretor Fumito Ueda. “Ele tem que parecer como [se fosse] uma parte natural da atmosfera e do mundo, como se ele tivesse sido assim desde sempre.”

Obviamente que nós precisamos fazer o design das fases, mas nós não queremos que os nossos usuários percebam a intenção desse design... eu acho que é nisso que nós temos gasto a maior parte do nosso tempo neste momento. Eu acho que ser imprevisível, dar ao jogador a imprevisibilidade, é um ponto chave para The Last Guardian. Apenas com a presença deles somente, a inteligência artificial dos personagens tendem a fazer um convite à situações imprevistas. Este é o nosso objetivo.”

No começo do mês, quando se ficou sabendo que o jogo não apareceria na TGS de 2011, a Sony havia assegurado aos jogadores que a Team Ico estava trabalhando a todo vapor no título.

Nós confirmamos que The Last Guardian não estará na agenda da Tokyo Game Show deste ano. Entretanto, nós podemos lhes assegurar que Ueda-san e o resto do time de produção estão trabalhando a todo vapor para trazer esta sublime visão da vida e proporcionar a melhor experiência de jogo possível,” disse a empresa em um comunicado no blog oficial da Playstation.

Assim como a Coleção Ico/ Shadow of the Colossus, The Last Guardian acabou sendo adiado no começo do ano. Anteriormente, ele estava previsto para ser lançado nestas férias, mas agora foi agendado para o ano que vem, embora uma data específica ainda tenha que ser anunciada tanto para o Japão quanto para as outras regiões.




FONTE: 1up.com / Eurogamer.net

........................................................................................................
Outras notícias:
- Ico e The Last Guardian poderão virar filmes/adaptação para os cinemas
- Fumito Ueda conversa sobre a animação impecável de The Last Guardian
........................................................................................................

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Ninja Theory descarta a possibilidade de fazer Enslaved 2

A fraca performance nas vendas impossibilitou o estúdio de se expandir em dois grupos como a empresa havia planejado.


Em Maio, a Namco Bandai havia dado grandes esperanças aos fãs de Enslaved: Odyssey to the West que esperavam por um segundo jogo da série. Apesar de boas análises, o título acabou não vendendo muito, colocando assim em dúvida uma possível seqüência. Mas agora, parece que os planos para se fazer a seqüência do jogo de aventura estão realmente muito longe de acontecer.


Segundo Tameem Antoniades, da desenvolvedora Ninja Theory, a desenvolvedora tinha a esperança de expandir o estúdio em dois times de produção; um trabalhando em Enslaved 2 e o outro em DMC. Entretanto, segundo revelou Antoniades à Edge, dada a fraca performance nas vendas do jogo original, o projeto de expansão acabou sendo riscado da lista.
Enslaved devia ter se saído melhor,” admitiu ele. “Neste momento nós deveríamos estar fazendo uma seqüência e aperfeiçoando esta seqüência e fazendo o que as franquias fazem, que é se tornarem cada vez melhor com o tempo."

"[Mas] por causa disto não ter acontecido, nós não estaremos nos expandindo em dois times como era a nossa intenção. Então nós continuaremos sendo uma empresa reduzida. Mas agora nós temos uma outra chance com DMC.”
Apesar de ter arrancado bons elogios da mídia especializada, incluindo um 8/10 da Eurogamer, Enslaved conseguiu comercializar apenas 730.000 unidades até o mês de Abril deste ano.



FONTE: Eurogamer.net

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Namco Bandai quer continuar investindo em Enslaved  
- Enslaved vendeu pouco por causa da época em que ele foi lançado
  
.............................................................................................................

Uncharted teve o seu gênero alterado por causa dos 'abundantes shooters’ do X360

Ex funcionário da Naughty Dog revela que a famosa franquia havia sido planejada inicialmente em um mundo imaginário com elementos de Tolkien, mas a Sony acabou movendo o projeto para um aspecto mais realista devido ao sucesso dos jogos de tiro na época.


Considerando o quão bem feito ficou a série Uncharted do jeito que ela é hoje, é difícil de se imaginar que o universo realista da franquia não era o que a Naughty Dog havia planejado inicialmente para o título. De acordo com um ex-modelador de ambientes da desenvolvedora, Uncharted havia sido projetado anteriormente como um jogo se passando em um mundo fantasioso e imaginário, até o dia em que a Sony decidiu por intervir.

Nós estávamos falando de um jogo mais ‘realista’ em termos de como ele seria modelado e apresentado, mas as concepções [iniciais] estavam muito longe disso. Uma delas era um mundo cheio de florestas aonde o antagonista vivia debaixo da terra,” explicou Poole à NowGamer.
Ele tinha elementos de Tolkien com certeza. A Sony insistiu por um jogo mais realista em todos os aspectos. O mercado havia mudado muito na época. A população demográfica [dos jogadores] era mais velha e os abundantes shooters estavam mesmo dominando. A Sony quis muito conquistar uma fatia desse mercado, e ela moveu todos os seus desenvolvedores para esta direção.”
Aparentemente, a Sony moveu uma série de estúdios em torno de títulos mais realistas em resposta à crescente dos jogos de tiro em 1ª pessoa que estavam saindo para o console da Microsoft.
Então a grande exigência da Sony, não apenas com a Naughty Dog, mas com todas as empresas de desenvolvimento da Sony na época, era a de criar jogos para o Playstation 3 que fossem mais realistas. A pressão por causa do sucesso do Xbox com os abundantes shooters era uma ameaça bastante real em nossa direção na época.”
Mas parece que a sugestão acabou não sendo aceita universalmente com entusiasmo pelo time de desenvolvedores da Naughty Dog.
Houve muitas queixas internamente a respeito desta tendência ao realismo. A maioria dos [mais experientes] eram dos tempos de Crash e Jak, e eles preferiam um estilo mais fantasioso. Mas, infelizmente, esta era uma batalha perdida.”
É uma pena que nós nunca veremos estes belíssimos cenários rodando na engine incrivelmente fantástica de Uncharted. O próximo capítulo da franquia (sem ogros e goblins) estreará no dia 01 de Novembro, com Uncharted 3: Drake's Fortune sendo lançado exclusivamente para o Playstation 3.




FONTE: Industrygamers.com / Eurogamer.net

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Uncharted 3 Collector's Edition é anunciado
- Uncharted do NGP se passará entre os dois primeiros jogos
..............................................................................................................

BioWare revela ter esperanças de um dia lançar um novo jogo de Jade Empire

Ray Muzyka e Greg Zeschuk, co-fundadores do estúdio, proclamam seu amor pela IP, e espera que um dia ela possa ver novamente a luz do dia.


A BioWare tem estado bastante ocupada com a produção de novos jogos de algumas de suas maiores franquias nos últimos tempos. Além de Mass Effect 3, que será lançado em Março de 2012, a empresa já revelou estar trabalhando também no terceiro capítulo de Dragon Age, e sem contar um filme da série Mass Effect que está em produção. Entretanto, existe uma outra propriedade intelectual que a desenvolvedora ainda lembra e guarda com grande carinho: Jade Empire.


Durante a Eurogamer Expo de 2011 realizada semana passada, os co-fundadores do estúdio Ray Muzyka e Greg Zeschuk, disseram que a empresa espera um dia lançar uma seqüência do RPG lançado em 2005 para o Xbox original, com a desenvolvedora “apenas procurando a forma correta de implantá-lo.” Muzyka disse que a BioWare tem um grande carinho por Jade Empire por se tratar de uma propriedade intelectual, e que pode ser que os fãs vejam algo desse universo “num futuro próximo.”

Nós temos conversado muito sobre isso na verdade, [tanto] dentro quanto fora ao longo dos anos,” disse Ray Muzyka. “É uma IP, é um [universo] que nós realmente nos apaixonamos, e ainda estamos. Tanto o Greg e eu somos grandes crentes desta IP. Nós estamos apenas procurando a forma correta de implantá-lo. Nós estamos com dezenas de diferentes projetos em diferentes plataformas neste momento, e talvez vocês vejam algo [sobre Jade Empire] no futuro. Nunca se sabe.”
Nós não temos nada para anunciar neste momento,” complementou Muzyka, “mas é uma franquia próxima e querida por nós.”
A Bioware tem trabalhado em Star Wars: The Old Republic, que é sequencia de Knights of the Old Republic. A franquia Mass Effect está indo agora para três jogos, enquanto que Dragon Age possui dois, e com a série se expandindo num futuro próximo. De fato, a única exceção nestes últimos anos ficou por conta de Jade Empire, que teve apenas um lançamento para o Xbox e um relançamento para PC tempos depois.
Entretanto, agora que a Bioware pertence à Electronic Arts, e com Muzyka passando a ser o homem dos RPGs e MMOs por aqueles lados, cresce o número de jogos antigos que poderiam voltar a receber novos lançamentos. Muzyka chegou a dizer que existe agora “uma enorme variedade de coisas diferentes para os futuros jogos em nosso portfólio.”
Porém, não é a primeira vez que a BioWare vem a público e proclama o seu amor por Jade Empire. Em 2009, Mike Laidlaw chamou o jogo de “o favorito do time.” Talvez tenhamos que esperar por mais uns dois anos para saber exatamente do que esta ‘enorme variedade de coisas diferentes’ significa de fato, ou se nós continuaremos sem receber nenhum novo título de Jade Empire.


FONTE: Eurogamer.net / Joystiq.com

.............................................................................................................
Outras notícias:
- Mass Effect 3 será lançado dia 6 de Março de 2012   
- BioWare revela estar trabalhando em Dragon Age III  
..............................................................................................................

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Bethesda deixa em aberto a possibilidade de lançar Skyrim no Wii U

Entretanto, Pete Hines, Vice Presidente de Relações Pública do estúdio, explica que uma adaptação do tipo não é uma tarefa fácil.


A Nintendo espera que o seu próximo console, o Wii U, consiga um melhor suporte dos desenvolvedores e estúdios terceiros. E um dos parceiros que poderia ajudar a empresa a cativar novamente o interesse dos jogadores dito ‘core’ é a Bethesda Softworks. Eu um artigo publicado na Official Nintendo Magazine do Reino Unido, O Vice Presidente de Relações Pública do estúdio, Pete Hines, disse que levar The Elder Scrolls V: Skyrim para o Wii U é uma “possibilidade.”


Apesar de isso estar longe de significar que vai acontecer, qualquer interesse que a Bethesda declare ter no Wii U é sem sombra de dúvida uma boa notícia para a Nintendo. Após ser perguntado sobre lançar Skyrim no Wii U, Hines respondeu:

Isto é definitivamente uma possibilidade para o futuro. Nós estaremos interessados em qualquer plataforma que dê suporte aos jogos que tentamos fazer, mas isto é um ponto chave – o console tem que dar suporte ao jogo do jeito que ele foi projetado.”

Entretanto, não se empolgue demais. Ele também explicou que o processo de adaptação de um jogo tão grande como Skyrim é uma tarefa extremamente complicada:

Quanto mais mudanças nós tivermos que fazer em um jogo, menor e menos concreto ele se tornará porque fazer um jogo é um processo gigantesco. Fazendo apenas para o 360, PS3 e PC ... não creio que as pessoas compreendam o trabalho que dá para fazer isso. Todo o [processo de] localização que você tem que fazer.. todos os testes que você tem que fazer.. em cada plataforma e em cada língua... é uma empreitada muito grande.”

O que nós achamos? Uma adaptação de Skyrim para o Wii U ainda é algo muito distante. Mas ainda assim, é encorajador saber que a Bethesda está aberta a esta possibilidade.


FONTE: Gameinformer.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Wii U cativará a audiência hardcore, segundo a Nintendo
- Nintendo estaria enfrentando grandes problemas no desenvolvimento do Wii U, segundo notícias

..............................................................................................................

Battlefield 3 preencherá a tela com linhas pretas para chegar à resolução de 720p no PS3/X360

Johan Andersson, especialista da DICE em imagens, explica como as imagens do jogo serão trabalhadas nos consoles e porque eles rodarão de forma diferente em relação à plataforma PC.


A versão para os consoles de Battlefield 3 usará linhas pretas na parte de cima e de baixo da tela para preencher a resolução de 720p, revelou o especializa da DICE em imagens, Johan Andersson. Isto ajudará a rodar o jogo no Playstation 3 e Xbox 360 com um desempenho melhor.


Escreveu Andersson em seu Twitter, “[Battlefield 3] é 1280x704 tanto no PS3 quanto no 360. Remover algumas linhas do 720p ajuda a salvar desempenho e memória para nós.” Em outra postagem, em resposta a uma pergunta da Digital Foundry, ele explicou que “Nós temos finas barras pretas de oito pixels que geralmente ficam invisíveis devido ao ‘overscan’ – dimensioná-la simplesmente arruinaria a imagem.”
Como resultado, Battlefield 3 ainda estará rodando em resolução nativa de 720p. Atualmente, muitos jogos da atual geração rodam bem abaixo dos 720p e acabam sendo esticados para se ajustar à tela.
Call of Duty: Black Ops roda à 1040x608 no Xbox 360 e à 960x544 no Playstation 3, de acordo com a incrível biblioteca de informações de resolução de jogos que o fórum Beyond3D possui. Alem disso, diferentemente de Black Ops que roda a 60 quadros por segundo, Battlefield 3 rodará a apenas 30.
Em Junho, após a primeira demonstração pública do jogo rodando em um console (no caso o PlayStation 3), Andersson respondeu a algumas questões por meio de seu Twitter. Ele foi perguntado sobre o porquê da resolução e da taxa de quadro por segundos não serem maiores, e o porquê da versão de Battlefield 3 para os consoles ser inferior à plataforma PC.
Nós acreditamos que fases gigantescas, uma quantidade enorme de jogadores, grandes efeitos, destruição, veículos e variedade de jogos são mais importantes do que 1080p,” disse ele. “Como isto é uma vergonha? Me nomeie um único jogo de FPS que rode à 1080p em qualquer um dos consoles? [Nós] teríamos que cortar muita coisa fora da jogabilidade.”
Modern Warfare 2 roda a 1024x600 no PS3 com 2x MSAA. E eu não estou [falando mal] de CoD, apenas explicando [quais as escolhas que nós fizemos],” declarou Andersson. A série Call of Duty se orgulha de oferecer uma experiência que roda à suaves 60fps. Modern Warfare 3, o concorrente direto de Battlefield 3, rodará à 60 quadros por segundo.
Andersson chegou a mencionar sobre uma “solução de efeitos de luz especial” para a versão do Xbox 360 que é “muito legal.” Ele comentou ainda que BF3 rodará o código Edge MLAA “com algumas alterações feitas por nós.”
Battlefield 3 está agendado para ser lançado no dia 25 de Outubro deste ano, enquanto que Call of Duty: Modern Warfare 3 estreará no dia 08 de Novembro.


FONTE: Eurogamer.net aqui e aqui

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Call of Duty enfrentará um concorrente ‘pela primeira vez,’ declara a EA 
-
Pré-reservas de Battlefield 3 ultrapassam a casa de 1,5 milhões
  
..............................................................................................................

Filme de Mass Effect será focado no Comandante Shepard

A Legendary Pictures, produtora da adaptação do jogo para os cinemas, compartilha algumas informações iniciais sobre o projeto durante uma seção de perguntas e respostas na Comic-Con deste ano.


O filme da adorada série de RPG em ficção científica da Bioware, Mass Effect, que está sendo feito pela Legendary Pictures, terá como personagem principal o Comandante Shepard, informou o estúdio durante uma seção de perguntas e respostas realizadas na Comic-Con realizada à alguns meses atrás.


A história do filme se baseará em torno da história do primeiro jogo, e um segundo filme também poderá ser lançado caso o primeiro se saia bem. Não haverá um aspecto de escolhas de decisões como há nos jogos (compreensível, é claro), e a Legendary disse estar trabalhado bem próxima à BioWare para fazer o filme.
Nós estamos realmente focados em fazer disso um grande filme,” disse a Legendary durante a Comic-Com. “Então veremos aonde isto nos levará. Nós temos que fazer o primeiro bem feito para saber se haverão mais.”
Nenhuma dica sobre quais atores estarão trabalhando no projeto foi dada. O filme de Mass Effect ainda não possui uma data de lançamento, e ao que tudo indica, a estréia da adaptação para os cinemas parece estar muito longe de acontecer.
Confira abaixo a seção de perguntas e respostas divulgadas pela Legendary Pictures referentes ao projeto.

Pergunta: Ele será apenas uma adaptação do primeiro, do segundo jogo ou uma história completamente nova?
Resposta: Ele focará na jornada do Commander Shepard, centrada em torno da história do jogo Mass Effect original.
P: Como vocês implementarão os elementos de escolha que os jogadores têm no jogo?
R: O escritor está traçando um caminho por entre as decisões de Shepard que melhor se enquadra na narrativa do filme e nas motivações dos personagens.
P: Ele será uma trilogia?
R: Nós estamos realmente focados em fazer disso um grande filme, então veremos aonde isto nos levará. Nós temos que fazer o primeiro bem feito para saber se haverão mais.
P: Seth Green fará o papel de Joker, o personagem que ele dubla no jogo?
R: Nenhuma decisão sobre o elenco foi feita ainda.
P: O filme será focado em Shepard?
R: Sim
P: Se o filme for focado em Shepard, será um homem Shepard ou uma mulher Shepard?
R: Homem.
P: Vocês poderiam dar alguma dica sobre possíveis atores?
R: Não, mas fiquem ligados.
P: A Bioware permitirá mudanças na história/personagens?
R: Sim, nós estamos trabalhando bem próximos á BioWare no desenvolvimento do projeto.
P: Você leva em consideração usar Daft Punk para fazer a trilha sonora?
R: Nós adoramos Daft Punk, mas é cedo demais para dizer quem produzirá a trilha sonora.


FONTE: Eurogamer.net

.............................................................................................................
Outras notícias:
- Portal: No Escape - Fantástica curta metragem em Live Action baseada no jogo   
- Mass Effect e Wii U parecem ‘uma ótima combinação’, declara a EA  
..............................................................................................................