sábado, 18 de julho de 2009

Vendas no Japão - Dragon Quest IX dominando o quadro de vendas

O RPG da Square Enix chega a 2,3 milhões, dobra as vendas do DSi em relação ao total da semana passada; Wii Sports Resort também se mantem firme.


Nem é preciso se dar ao trabalho de descrever a série Dragon Quest, da Square Enix, um fato que já foi reforçado pelo último quadro de vendas da semana de 6 a 12 de Julho, feita pela Media Create, empresa japonesa de acompanhamento da indústria.

Para se ter uma idéia do tamanho disso, em uma semana de vendas no Japão, Dragon Quest IX vendeu mais cópias em uma única plataforma do que Madden NFL 09 (jogo de futebol americano) vendeu durante o seu mês de lançamento nos Estados Unidos com as plataformas Xbox 360, PlayStation 3, PlayStation 2, Wii, DS, e o Xbox original combinadas, de acordo com os dados da NPD Group. Mais marcante ainda, a população do Japão representa cerca de um terço de toda a população do EUA.

O primeiro jogo da série a ser lançado para o DS esmagou todos os outros competidores na semana, ultrapassando o segundo colocado - Wii Sports Resort, da Nintendo – por uma relação de 22:1. Poucas distribuidoras se incomodaram em lançar jogos contra arrasa-quarteirões, com o segundo melhor novo lançamento da semana – o RPG Sekai wa Atashi de Mawatteru Hikari to Yami no Princess, para PSP – na 46ª posição de 50 da lista da Media Create. Um outro novo lançamento, a edição japonesa de WWE: Legends of Wrestlemani, para Playstation 3, conseguindo um lugarzinho na lista das 50 mais, ficando na 49ª posição.

O impacto de Dragon Quest IX foi também sentido no quadro de vendas de hardware desta semana. O DSi facilmente dobrou suas vendas em relação à semana passada, pulando de 47.000 para mais de 118.000. Todos os outros sistemas, com a exceção do DS Lite, viram suas vendas abaixarem semana após semana.


Com relação aos outros ítens do quadro de vendas, os hits japoneses como Wii Fit, Monster Hunter Portable 2nd G (Monster Hunter Freedom Unite na versão americana), e Pokemon Platinum continuam mantendo suas estatísticas, enquanto que lançamentos mais recentes como o RPG de ação da Square Enix, Kingdom Hearts 358/2 Days e o puzzle da Level 5, Sloane to MacHale no Nazo no Story, também mantiveram seu números.

Semana de 6 a 12 de Julho, 2009

Software:

1) Dragon Quest IX (DS) - 2,319,000
2) Wii Sports Resort (WII) - 103,000
3) Tomodachi Collection (DS) - 57,000
4) Boku no Natsuyasumi 4: Seitouchi Shounen Tanteidan, Boku to Himitsu no Chizu (PSP) - 24,000
5) Hatsune Miku: Project Diva (PSP) - 14,000
6) Monster Hunter Freedom Unite (PSP) - 13,000
7) Kingdom Hearts 358/2 Days (DS) - 9,000
8) Wii Fit (Wii) - 9,000
9) Pokemon Platinum (DS) - 8,000
10) Sloane to MacHale no Nazo no Story (DS) - 7,000

Hardware:
DSi - 118,202
PSP - 26,527
Wii - 22,141
DS Lite - 10,161
PS3 - 9,864
Xbox 360 - 3,561
PS2 - 3,508


FONTE: GameSpot

Levine: jogo atual ‘mais ambicioso’ que BioShock

Com BioShock 2 chamando atenção nesta semana por ter sido empurrado para 2010, o diretor de criação por de trás do primeiro jogo falou sobre o que ele tem feito, já que ele não está trabalhando na primeira seqüência do submerso jogo de tiro. Em uma entrevista para a Gamasutra publicada ontem, Levine comentou sobre o seu projeto atual em resposta a uma pergunta sobre o ritmo de expansão de seu estúdio, a 2K Boston.

Quando nós pensamos sobre a data de entrega do projeto,” disse Levine, “nós precisaríamos de um certo tempo para o título, porque nós tínhamos um escopo e uma ambição em mente que é maior que qualquer outra coisa que nós já fizemos. Ainda mais, substancialmente mais ambicioso que BioShok. E nós sabemos que isso não aconteceria da noite para o dia.”

Ouviu-se que Levine estaria trabalhando em um retorno de X-Com, uma série de estratégia tática baseada em turnos. Em uma conversa com a GameSpot em Março, o desenvolvedor não confirmou e nem explicitamente negou a especulação.


Eu posso dizer que eu sou provavelmente o maior fã de X-Com do mundo”, disse Levine à GameSpot, e adicionou, “Eu não posso dizer se eu estou trabalhando em um jogo X-Com.”

Independente de qual seja seu novo projeto, Levine não está deixando BioShock totalmente para trás. Ele também disse a Gamasutra que está escrevendo uma introdução e conclusão para uma série de BioShock, que será redigida pelo autor John Shirley (City Come A-Walkin', Wetbones).


FONTE: GameSpot

Assassin’s Creed será vendido em conjunto com PSP branco

Combinado de Bloodlines, PSP-3000 branco, cartão de memória de 2GB e um filme em UMD chegará em Novembro.


A Sony está querendo fazer dinheiro com seu próximo pacote do PSP. A gigante dos eletrônicos detalhou na última quinta um novo pacote de entretenimento em edição limitada que inclui o jogo Assassin's Creed: Bloodlines.

Com o lançamento confirmado para Novembro, o combinado incluirá o jogo de ação da Ubisoft, um PSP-3000 branco, um cartão de memória de 2GB e um filme em UMD não especificado. Em comparação com os combinados anteriores do PSP, o pacote The Assassin's Creed Entertainment Pack custará $199,99 (R$ 399,99).


Servindo como uma ponte entre o Assassin’s Creed original e a seqüência deste final de ano, Bloodlines seguirá a história de Altair depois dos eventos do primeiro jogo. Desenvolvida pela Griptonite Games (o mesmo estúdio que fez as edições para DS e PSP de X-Men Origins: Wolverine), Bloodlines irá proporcionar exploração em um mundo aberto e combates baseados no jogo original de Xbox 360, PS3, and PC, com uma variedade de novos tipos de missões incorporados nele.

O jogo do PSP também se comunicará com a edição para PS3 da seqüência de Assassin’s Creed quando ela for lançada em 17 de Novembro. Upgrades e outros itens ganhos durante o jogo do PSP poderão ser carregados para título do console, e vice-versa.

Confira abaixo o trailer do jogo para o PSP.



FONTE: GameSpot

sexta-feira, 17 de julho de 2009

EA marca data lançamento do FIFA 10

Disponível dia 2 de Outubro para Xbox 360, PlayStation 3, PC, Wii, PlayStation 2, DS, and PSP


A batalha dos jogos de futebol deste ano promete ser a maior de todas, já que tanto a EA quanto a Konami estão elevando seus títulos a um novo patamar, e com a - atualmente segunda na nessa briga – Konami prometendo um significante aperfeiçoamento para o próximo Pro Evolution Soccer 2010. A questão é, qual jogo será lançado primeiro? A Konami tem dado apenas uma vaga data do lançamento do PES 2010 para a Primavera; mas a EA confirmou na última quarta uma data concreta para o seu próximo game de futebol.


FIFA 10 estará disponível internacionalmente no dia 2 de Outubro e será lançado para Xbox 360, PlayStation 3, PC, Wii, PlayStation 2, DS, and PSP. A EA tem prometido que a nova versão do jogo será o “mais completo e inteligente simulador de futebol”. A distribuidora também diz ter ouvido o feedback de 275 milhões de jogadores online que jogaram FIFA 09 e usou isso para aperfeiçoar o novo jogo.

A maior das melhorias aparentemente é o novo sistema de drible 360 graus, que permite um refinado controle da bola. O movimento do antigo sistema “eight-way” permite aos jogadores encontrar espaço entre os defensores e proporciona também uma animação muito melhor. Outras melhorias incluem movimentos e comportamentos mais realistas dos jogadores, escolhas variadas de objetivos, e um sistema de aceleração mais poderoso. O modo Manager também está de volta, com a EA adicionando mais de 50 melhorias, incluindo transferência de jogadores mais realista, novo visualização das partidas, e curvas de crescimento dos jogadores iguais aos da vida real.


Com o FIFA 09 ainda vendendo bem e até com chances de chegar a ser o segundo jogo de maior venda do ano – bem atrás do Wii Fit -, FIFA 10 parece ter bastante tempo de longevidade.


FONTE: GameSpot

Trailer: MySims Agents (Wii, DS)

Novo trailer do jogo MySims Agents.



Vídeo - Resident Evil: The Darkside Chronicles (Wii)

Quando os fans de Resident Evil ouviram falar da série Chronicles de Resident Evil, muitos desconfiaram, pois o jogo sairia do seu principal gênero que tanto fez sucesso e ajudou a revolucionar o mundo dos games, e perderia todo aquele ambiente sombrio, misterioso e apavorante.


É verdade que Resident Evil: The Darkside Chronicles é do gênero de tiro em primeira pessoa no estilo de The House Of The Dead, mas pelo que os clipes do jogo tem mostrado, e pelas análises dos sites que já experimentaram a versão beta do jogo, toda aquela atmosfera sombria que fez tanto sucesso na série parece mesmo continuar presente. Os mesmos personagens, os mesmos cenários, o mesmo ambiente assombroso, o mesmo tempo escasso que você tem para carregar sua arma enquanto seu inimigo se aproxima; é como se você estivesse jogando aquele mesmo Resident Evil que te fez virar fã da série e do gênero.

Resident Evil: The Darkside Chronicles é o segundo jogo da série "Chronicles" e é sequência do jogo de 2007, Resident Evil: The Umbrella Chronicles. Assim como no jogo anterior, The Darkside Chronicles revisita os mesmos locais dos jogos de série RE, especialmente Raccoon City de Resident Evil 2 e a misteriosa ilha de Resident Evil: Code Veronica, só que em uma perspectiva diferente.

Assista abaixo a dois clips da jogabilidade de Resident Evil: The Darkside Chronicles, publicados pelo site GameSpot.





O jogo será lançado para o Wii e tem previsão de lançamento para Novembro de 2009.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Wolfenstein adiado por duas semanas

O sobrenatural jogo de tiro em 1ª pessoa, da Raven Software, é empurrado para a semana do dia 17 de Agosto para um lançamento mundial simultâneo.


Os fans de Wolfenstein tiveram que esperar seis anos por um novo capítulo da série de tiro sobrenatural da Segunda Guerra Mundial. Agora a Activision confirmou que eles terão que esperar mais algumas semanas.


No sentido de facilitar a janela de lançamento mundial simultânea do jogo Wolfenstein, da Id Software, a Activision realinhou as datas de lançamento do jogo para a semana que começa em 17 de Agosto,” disse um representante da distribuidora ao GameSpot.

Em Maio, a distribuidora havia anunciado o dia 4 de Agosto como data de lançamento do novo Wolfenstein para Xbox 360, PlayStation 3, e PC. Desenvolvida pela Raven Software (X-Men Origins: Wolverine, Singularity), Wolfenstein coloca o jogador na pele de B.J. Blazkowicz, que foi mais uma vez enviado atrás das linhas inimigas para impedir as ambições ocultas de Hitler. Durante a jornada, os jogadores combaterão fogo contra fogo usando os poderes de um artefato para enfrentar o monstruoso exército de Hitler.

Confira abaixo um trailer do jogo:



FONTE: GameSpot

Trailer: Marvel vs. Capcom 2

Veja o novo trailer de Marvel vs. Capcom 2. O jogo será relançado via distribuição digital na PSN e Xbox Live no dia 29 de Julho.



Edição Prestige de Modern Warfare 2 será comercializado com óculos de visão noturna funcionais.

Depois do sucesso dos superfaturados conjuntos Guitar Hero (jogo mais periféricos), a Actvicion está preparando para as férias vários outros games para serem vendidos em conjunto com periféricos. Em adição ao Guitar Hero 5, a distribuidora tem conjuntos de peso para Tony Hawk Ride, Band Hero e DJ Hero.

Apesar do aguardado Call of Duty: Modern Warfare 2 não entrar nesse mercado de conjuntos do tipo controles, a Activision e a desenvolvedora Infinity Ward estão preparando algo ainda melhor: o lançamento de uma enorme edição limitada. Conforme revelado nesta semana por um vídeo no YouTube (abaixo) da Infinity Ward, Modern Warfare 2 será lançado em três diferentes versões, e a mais extravagante delas (a edição Prestige) virá com óculos de visão noturna funcionais.


O vídeo, postado por Robert Bowling, da Infinity Ward, apresenta o conteúdo das três versões de Modern Warfare 2: a edição normal e as edições Hardened e Prestige. A edição Hardened virá em uma caixa metálica com um livro artístico mostrando esboços de conceitos e outros detalhes do desenvolvimento do jogo. Inclui também um código que permite o download do Call Of Duty original, que poderá ser baixado no PC, na Xbox Live ou na PSN. A versão Prestige permanece sem preço definido, mas a página de Bowling no Twitter lista a edição Hardened por $80 (R$ 160,00).

A edição Prestige virá com a edição Hardened inclusa, os óculos com a marca Modern Warfare 2, e um suporte na forma de uma cabeça para deixar o ítem à mostra enquanto ele não estiver sendo usado. As lojas dos Estados Unidos como a GameStop, Wal-Mart, Best Buy, e Amazon.com já estão aceitando reservas para as edições normal e Hardened do jogo, mas a edição Prestige ainda não está disponível.

Call of Duty: Modern Warfare 2 tem seu lançamento agendado para o dia 10 de Novembro.

Confira abaixo o vídeo Infinity Ward que mostra mais detalhes das edições.



FONTE: GameSpot

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Lançamentos da Semana: de 12 a 18 de Julho

Segue abaixo a lista dos lançamentos da semana:

12 de Julho, 2009
Nenhum lançamento agendado.

13 de Julho, 2009
Sherlock Holmes: Mystery of the Mummy (DS) - Dreamcatcher

14 de Julho, 2009
Birthday Party Bash (Wii) - Take-Two Interactive
NCAA Football 10 (PS2, PS3, PSP, X360) - EA Science Papa (DS, Wii) - Activision

15 de Julho, 2009
The Secret of Monkey Island: Special Edition (PC, X360) - LucasArts
Madballs in Babo: Invasion (360) - Playbrains

16 de Julho, 2009
Holy Invasion of Privacy, Badman! What Did I Do to Deserve This? (PSP) - NIS America
Unbound Saga (PSP) - SCEA

17 de Julho, 2009
Nancy Drew: The Ransom of the Seven Ships (PC) - Her Interactive

18 de Julho, 2009
Nenhum lançamento agendado.

Trailer - Batman: Arkham Asylum

Novo trailer, apresentando os vilões do jogo Batman: Arkham Asylum.



BioShock 2 adiado

Take-Two empurra o shooter para o próximo ano fiscal, presidente confirma o lançamento para 360, PS3 e PC para o 1º semestre de 2010; novo GTA multiplataforma incerto para o ano fiscal de 2010.


Com o BioShock 2 a apenas quatro meses de seu antigo lançamento, anunciado para 3 de Novembro para o Xbox 360, Playstation 3 e PC, a Arkane Studios fez uma surpreendente declaração semana passada de que ela teria sido procurada para contribuir com o jogo nas áreas de desingn, animação e trabalhos artísticos. Mas agora a desenvolvedora francesa terá mais do que alguns meses para dar assistência à 2K Marin, 2K Austrália e Digital Extremes na produção.

A Take-Two Interactive anunciou hoje a transferência de BioShock 2 para o seu ano fiscal de 2010, que começa no dia 1 de Novembro de 2009, e vai até 31 de Outubro de 2010. De acordo com a distribuidora, BioShock 2 foi adiado “para que se possa ter um tempo de desenvolvimento adicional para o título”. A Take-Two havia considerado anteriormente que BioShock 2 faria parte de seu ano fiscal atual, já que a aquisição do jogo teria sido assegurada aos varejistas antes do lançamento para o consumidor final, no dia 3 de Novembro.

Como já era esperado, a Take-Two também aproveitou a oportunidade para diminuir a sua projeção de receitas para o restante de seu ano fiscal atual. A distribuidora agora espera conseguir de $120 milhões a $130 milhões daqui até o final do quarto trimestre (referente ao ano fiscal da empresa), com um total de vendas para o seu quarto trimestre revisado para uma redução entre $350 milhões e $400 milhões.

Para todo o seu ano fiscal, que termina em 31 de Outubro, a Take-Two espera uma receita entre $960 milhões e $1.0 bilhão, com uma perca entre $0,80 e $0,95 por ação. Anteriormente, a companhia esperava ter entre $1.05 bilhões e $1.15 bilhões de dólares em receitas, uma quantia que já havia sido revisada depois que a Take-Two adiou em Maio os jogos Mafia II e Red Dead Redemption para o ano fiscal de 2010.

Nós reconhecemos que, depois da revisão, nossa perspectiva para o balanço do ano fiscal de 2009, devido tanto a fatores internos quanto externos, é desapontante,” disse em uma declaração o presidente da Take-Two, Strauss Zelnick. “Com isso dito, nós concluímos que transferir o lançamento de BioShock 2 para o ano fiscal de 2010 foi a melhor decisão para o produto. Nós acreditamos que o resultado será uma experiência mais interessante para o consumidor e um produto de maior performance no mercado. Ao mesmo tempo, as circunstâncias de varejo a curto-prazo provaram ser mais desafiantes para nosso negócio do que as suposições previstas em nossas perspectivas prévias.”

A Take-Two entrou em conference call com seus investidores nesta tarde: “Nós acreditamos esta medida maximizará o valor da franquia Bioshock a longo prazo,” disse Strauss Zelnick, presidente da Take-Tow, durante um conference call realizado hoje.

"Nossos objetivos para o ano fiscal de 2010 inclui operar a companhia em uma base lucrativa sem o lançamento de um Grand Theft Auto multiplataforma”. Disse o presidente da Take-Two, Ben Feder. Feder ainda confirmou que BioShock 2 está previsto para o primeiro semestre de 2010.

Todos os valores são em dólares.

FONTE: GameSpot.com

domingo, 12 de julho de 2009

Square Enix aposenta o nome da marca Eidos para distribuição de jogos

A produtora japonesa consolida suas operações na Europa e nos EUA, confirmando redução de funcionários; O nome da companhia Britânica permanecerá viva dentro dos estúdios de produção.


No fim de Abril a Square Enix concluiu a aquisição da Eidos Interative, a produtora Britânica que estava passando por um momento econômico difícil, apesar de possuir uma gama de jogos próprios de primeira linha. Como parte do acordo de £84,3 milhões ($ 136 milhões de dólares), a Eidos foi unificada ao grupo Square Enix, grupo esse que inclui também a divisão global de publicação e desenvolvimento de jogos da empresa, assim como a Taito, que foi adquirida em 2005.

Na última terça-feira a Square Enix revelou mais uma fase na integração da Eidos em sua organização mundial com a formação da Square Enix Europe (o nome da nova organização ainda não está definido). O atual chefe executivo da Eidos, Phil Rogers, chefiará a Square Enix Europe, e John Yamamoto continuará liderando a divisão da Square Enix nos Estados Unidos.

Conforme detalhado em uma declaração publicada no site CVG, o nome da nova organização combinará os nomes das distribuidoras européias Square Enix e Eidos. As operações da Eidos nos Estados Unidos também sofreram impactos com esta ação, com a produtora dizendo que todos os deveres de distribuição foram transferidos para a Square Enix da região.

Como resultado dessa ação, a Square Enix estará aposentando nome da marca Eidos para distribuição, embora o amado nome permanecerá vivo entre os vários departamentos de desenvolvimento da companhia. A Square Enix confirmou também que a reestruturação resultará num número indefinido de demissões, já que cargos reduntantes passaram a existir tanto na Europa quanto nos Estados Unidos.


FONTE: GameSpot

sábado, 11 de julho de 2009

Tecmo Koei preocupado com a tecnologia de sensor de movimento

Kenji Matsubara diz que controles por sensor de movimentos favorecem jogos casuais ao invés dos hardcore; pode ocasionar atraso na resposta dos controles para jogos de luta.


Em uma entrevista para a GameSpot no mês passado, o chefe da Microsoft Game Studios Phil Spencer disse que a nova tecnologia de sensor de movimento desenvolvida iria alcançar toda a audiência de jogadores, declarando que o Projeto Natal “é sobre todos”. Contudo, o presidente da Tecmo Koei, dona de jogos de luta, disse recentemente que está preocupado com o fato da tecnologia estar focada apenas em jogos casuais.

Conversando com a divisão do Reino Unido do site Computer and Video Games, o presidente da Tecmo Koei, Kenji Matsubara, disse que duvida que os recentes controles de sensor de movimentos revelados pela Sony e Microsoft consigam alcançar o mercado de games hardcore, dizendo que a nova tecnologia ainda está pouco evoluída para dar suporte ao estilo dos jogos de luta que atraiam jogadores para sua empresa.

Nós estamos muito empolgados com o futuro dos controles de movimentos da Sony e o Projeto natal. Ao mesmo tempo, nós temos uma certa preocupação sobre o fato de que nós nos especializamos em fazer jogos de ação, então nós precisamos analisar se vamos conseguir ter uma resposta em tempo real de um sistema sem controles,” disse ele. “Nós entendemos que, para os jogadores casuais jogarem jogos de dança ou algum tipo de jogo de pesca, estes sistemas sem controle são populares. Mas para os jogadores hardcore que gostam de jogos de ação, nós temos que estudar e desenvolver jogos que satisfaçam nossos jogadores."
.
O jogador hardcore é o foco da Tecmo Koei, empresa que foi formada pela fusão das produtoras japonesas Tecmo e Koei no dia 1 de Abril. Ajuntando as duas, a companhia tem publicado várias séries de jogos violentos de luta e ação, incluindo Dead or Alive e Ninja Gaiden (Tecmo), e Dynasty Warriors e Samurai Warriors (Koei).

O projeto Natal da Microsoft e o dispositivo de sensor de movimentos da Sony foram ambos revelados na Electronic Entertainment Expo deste ano. Os dois produtos permitem aos usuários se comunicarem com o console de vídeo game por meio de gestos com as mãos. A tecnologia do Projeto Natal responde também à comandos de voz e expressões faciais, e ainda é capaz de identificar emoções. Representantes de Sony e Microsoft não puderam ser contactadas para responder aos comentários de Matsubara.

Veja abaixo uma video demo, em inglês, do Projeto Natal. Nele pode-se ver uma pessoa interagindo com o personagem através de falas e de gestos.



FONTE: GameSpot

Venda de games usados e tempo gasto com jogos aumentam em 2009 – Relatório da Nielsen

A Nielsen, firma de pesquisa de mercado, diz que o aumento de 32% no mercado de jogos usados ajudou no aumento de horas jogadas; venda de jogos novos cai 3%


Ao olhar para as vendas de varejo nos EUA dos últimos três meses, conforme informado pela NPD Group, fica claro que a industria de games não está tão forte quanto ela estava neste mesmo período do ano passado. Uma das causas desse enfraquecimento, é claro, é a recessão econômica global, que tem derrubado receitas por todo o globo. Outra grande causa é a comparação feita entre o mercado atual e o momento forte em que o mercado vinha apresentando ano a ano, já que este ano estaria competindo com os maiores best-sellers de todos os tempos, como Grand Theft Auto IV.

Seja como for, isso não quer dizer que os jogadores estão diminuindo o tempo gasto diante de seus consoles. De acordo com um novo relatório de mercado da empresa The Nielsen Company, 42% dos jogadores entre 7 e 54 anos afirmaram que estão jogando ou tem planos para jogar mais do que eles tinham no ano passado, e com outros 41% dizendo que os seus hábitos com jogos não mudaram.

Tempo gasto com jogos por semana.
.

Nitidamente, a principal área demográfica de jogadores, pessoas do sexo masculino entre 18 e 24 anos, reportou um aumento de 16% para 29% em tempo gasto jogando games de PC e consoles durante os cinco primeiros meses de 2009. Entretanto, pessoas do sexo feminino entre 13 e 17 anos também reportaram um substancial crescimento com tempo gasto jogando, que cresceu de 12 para 30% para cada mês de 2009. A Nielsen comentou ainda que esta estatística é particularmente interessante visto que os jogos de consoles portáteis – a plataforma tradicional das mulheres mais jovens – não entrou neste estudo.

Proporção de jogos usado.
.

A Nielsen ainda descobriu que 35% das pessoas disseram que estão gastando ou planejam gastar mais dinheiro neste ano do que eles gastaram em 2008, com outros 39% declarando que eles irão manter a mesma quantia gasta do ano passado. A diferença de números entre o levantamento da Nielsen com o levantamento da NPD está nas vendas de jogos novos versus jogos usados. A venda de jogos usados aumentou quase 32% em comparação com o ano passado, enquanto que a venda de jogos novos caiu quase 3%.

Algo que também impactou a venda de novos jogos foi o negócio de locação, que viu um substancial crescimento no meio de Maio. De acordo com o levantamento da Nielsen, 14% de todos os jogadores inscritos em uma dessas lojas de locação, tais como a GameFly, cresceu em Maio 10,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Todos os dados são referentes ao mercado de games nos EUA.


FONTE: Gamespot

Alan Wake: Cinco Grandes Surpresas - Parte 5

A Qualidade:

Acima de todos os outros pontos que nós ficamos impressionados, o fato mais incrível é que Alan Wake parece ser uma experiência coerente e convincente. Talvez você tenha dúvidas se a Remedy, depois de cinco anos em desenvolvimento e muito retrabalho de tecnologia e temas, estaria sendo capaz de deixar o jogo atrativo, mas Alan Wake está sob controle.


Nós não saberemos com certeza até que nós possamos de fato jogar o jogo, mas os controles e os movimentos parecem lógicos, a ação intensa, a atmosfera sombria e a direção e ação estão num nível muito bom. Sendo criado com temas extraídos de fontes tão variadas como Sleepy Hollow, Stephen King e conceitos do clássico gótico americano, o game parece ter ultrapassado Silent Hill ou outros jogos do tipo Resident Evil um nível acima, com uma experiência mais forte, original.

Nós temos certeza que Alan Wake irá proporcionar algo que vai surpreender você da mesma forma que surpreendeu a nós, então vamos esperar que a Remedy possa lançar o jogo no prazo estipulado sem maiores problemas.

FONTE: IGN

Alan Wake: Cinco Grandes Surpresas - Parte 4

Escala e Profundidade:

A outra parte do leque de tecnologias tem a ver com a experiência que não para. Não existe loadings uma vez que um episódio começa. É simplesmente uma série de eventos que você precisa lidar do começo ao fim. Uma vez adentro na floresta, entrando e saindo de cabines, por longos e tortuosos caminhos, dentro de um periférico e sobre uma vala, você acaba dentro de uma pick-up, acelerando na estrada de um penhasco com vista para o oceano antes de chegar ao seu destino, face a face com um enorme tornado. E tudo isso, desde o seu início, é contínuo e imenso; se alguma vez foi feito o uso correto da palavra ‘épico’, foi aqui nesse jogo.


Este é Alan Wake em uma visão geral. Numa escala menor, existem alguns detalhes que você irá apreciar muito se você cruzar com eles; logo no começo da demo, se você desligar as luzes assim que sair da cabine, você vai acabar deixando Barry no escuro, e ele não ficará muito contente com isso, então ele naturalmente irá comentar sobre o que você fez. Ainda bem que o jogo tem alguns desses momentos de normalidade espalhados pelo jogo, porque é o tipo de coisa que cria um gosto a mais na experiência.

Alan Wake: Cinco Grandes Surpresas - Parte 3

Tecnologia Visual:

Em uma paisagem de um jogo onde a maioria dos títulos nos dias de hoje tem um visual impressionante, está ficando cada vez mais difícil de impressionar céticos como nós. Entretanto, a Remedy tem feito realmente coisas incríveis com a tecnologia proprietária de sua engine.

Você consegue ver a marca de qualidade de design por toda a parte no mundo de Alan Wake começando pelo próprio Alan e pelo o outro personagem principal. A animação facial, sincronização dos lábios, e a cuidadosa combinação de quadros chaves de animação com captura de movimentos, são combinadas para criar algumas seqüências incríveis no jogo. Durante os momentos de ação, assistir ao Alan, que não tem movimentos de herói, quase tropeçar enquanto ele corre para se afastar de um bando de pássaros demoníacos, parece muito convincente; outras coisas mais simples, como a troca de diálogos entre Alan e Barry mostra sutileza.

Como havíamos mencionados anteriormente, luz e escuridão são regras fundamentais durante o jogo. A engine dá conta de todos os tipos de efeitos com estilo. Cada objeto do cenário, incluindo Alan e sua roupa, tem sombra própria – significando que a luz no jogo cria enormes e horripilantes sombras sobre a superfície por toda a parte. São coisas típicas de um show de horror; é o tipo de detalhe que cria realmente uma atmosfera.

Em uma das fases, existe um momento chave no jogo aonde uma certa construção de repente é destruída violentamente – e você é jogado no chão por uma destruição dinâmica, uma física impressionante e com efeitos incríveis de partículas e fumaça durante o jogo.

FONTE: IGN

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Alan Wake: Cinco Grandes Surpresas - Parte 2

Luzes e Clarões:

A humildade ilumina. Ela salva vidas – e minha nossa ela é fantástica. Em Alan Wake, se afastar da escuridão se torna algo crucial; no montanhoso e pitoresco vilarejo a noite cai lentamente, e na escuridão, coisas ruins começam a aparecer. Quando Alan acendeu um sinalizador pela primeira vez, nós demos um pulo para trás. Com um surround sound de 5.1 canais berrando, a labareda parecia ganhar vida. Na tela, tudo em sua volta com cerca de dez metros de distância é iluminado por um brilhante e ameaçador vermelho ao mesmo tempo em que a chama preenche a tela com uma cortina de fumaça – grossa e persistente no ar. Pode parecer algo tolo ou repetitivo, mas este é o mais belo clarão dentro de um jogo que nós já vimos – e isso não é apenas um detalhe – é uma ferramenta do jogo, utilizada durante o jogo, que é a chave.


Veja bem, conforme você progride em direção ao seu objetivo, monstros humanóides começam a se arrastar da escuridão – em direção ao Alan. Se você equipar o sinalizador, a luz brilhante do sinalizador os fazem espernearem que nem vampiros à luz do sol. Eles começam a estalar e a se desintegrar, e depois de um pequeno tempo expostos a esta intensa luz, faz com que eles se tornem bem mais vulneráveis às suas armas de fogo.

A iluminação em Alan Wake é incrivelmente evocativa. Ao usar a sua lanterna como uma arma, ela de repente se transforma um recurso extremamente importante. Sem a sua lanterna, você logo se encontraria cercado pelas forças da escuridão – sejam elas monstros ou até mesmo tratores possessos ou outros objetos inanimados. Contudo, tudo o que você precisa é de uma rajada de luz direta para mantê-los em seus lugares. Nós já mencionamos também que essas coisas se parecem completamente extraordinárias?

FONTE: IGN

Alan Wake: Cinco Grandes Surpresas - Parte 1

Depois de anos de espera, finalmente ele está chegando. Então o que nos deixou loucos para jogá-lo?


O site IGN publicou em seu site uma matéria sobre as impressões que eles tiveram ao jogar uma demo do jogo. Eu estarei publicando esta matéria aqui, dividida em 5 partes. Segue abaixo a primeira parte..

É difícil de acreditar que já se passaram cinco anos desde o primeiro anúncio de Alan Wake pela desenvolvedora Remedy – mas aqui estamos nós. Nos primeiros anos muito pouco do jogo foi mostrado – apenas um punhado de imagens, um vídeo muito vago do ambiente que mostrou algumas tecnologias atuais, e uma história resumida que não parecia ser de um jogo. Escritores? De Férias? Escuridão? Floresta? Aonde estava a estrutura? Como tudo isso se encaixaria?

Anos depois, nós finalmente temos respostas concretas – e agora que nós já vimos bastante do jogo, sua forma e conceitos estão finalmente ficando nítidas. E olha, parece ótimo – essa é a primeira coisa que você vai notar. Mas indo mais a fundo na experiência, Alan Wake vai mexer com o gênero thriller/horror. Estas são as cinco grandes surpresas – as coisas que nos deixaram estupefatos – sobre Alan Wake.

A estrutura:

Pode parece um ponto estranho para se ficar impressionado – e não é o primeiro jogo a fazer isso, mas a estrutura de Alan Wake é muito interessante. O demo, por exemplo, começa de fato com um rápido vídeo na forma de uma montagem do tipo ‘a última vez em Alan Wake’. O jogo usa como exemplo algumas séries de TV, reforçando a idéia do quanto importante será em seguir de perto os personagens, suas motivações e suas decisões como jogador.

Depois disso um ‘episódio’ se inicia. Novamente, assim como uma série de TV, os estágios de Alan Wake parecem estar cercados de narrativas. Isso quer dizer que, enquanto você não verá muito durante o seu trajeto, você terá uma experiência com uma precisa narração, aonde a ação chega realmente no seu auge no final daquele episódio. E mais, estes episódios também poderão ser jogados novamente, o que é perfeito para aqueles que querem tentar fazer pequenos experimentos durante o caminho.

No exemplo do episódio que nós vimos, você começa com uma narração; daí, você é apresentado ao seu agente, Barry Wheeler, e sua neurose e alergias. As coisas começam a ficar estranhas quando você se distancia de sua cabine relativamente segura e se dirige à floresta. É ai que o próximo ponto interessante aparece.

FONTE: IGN

Epic Games não muito fã em Natal-izar jogos de tiro - Bleszinski

Diretor de Projetos de Gears of War Cliff Bleszinski diz que sua companhia provavelmente irá permanecer com a “interface de controle clássica”, mas acha que o esquema de controle humano/captura de movimentos tem potencial.


Um dos temas centrais da conferência de imprensa da Microsoft na E3 do mês passado foi o Projeto Natal, o tão especulado periférico de sensor de movimento para o Xbox 360. Conversando com o site GameSpot, Phil Spencer, cabeça da Microsoft Games Studios, revelou que os dois principais desenvolvedores de tiro em 1ª pessoa, Bungie Studios e Epic Games, já estavam brincando com a tecnologia Natal – que não requer controle para usar.

A idéia de jogar um shooter para o 360 sem nenhum botão, direcional pad ou controle analógico – que são extremamente usados no gênero – foi recebido com um pouco mais do que um simples ceticismo. Aparentemente, este sentimento é compartilhado pelo diretor de projetos da Epic Games Cliff Bleszinski, que disse à revista inglesa Develop que seu estúdio provavelmente não irá migrar na onda do sensor de movimentos tão cedo.

Sabe, nós iremos dar uma olhada no Natal – sem promessas – mas é bem provável que a interface de controle clássica é aonde a Epic estará trabalhando num futuro próximo,” promete Bleszinski. Ele então adiciona, “Mas eu acho que existem meios de ajuntar as duas interfaces e complementar um jogo clássico com os controles do Natal para fazer algo convincente.”

Bleszinski também expressou sua opinião de que o gênero de tiro em 1ª pessoa deveria evoluir adaptando elementos de jogos de RPG. “Eu tive uma conversa com Harvey Smith – um dos líderes de projetos de Deus EX (jogo de RPG/ação) – e disse a ele que o futuro dos shooters é o RPG,” disse ele è revista Develop. “Ele concordou completamente.”

Bleszinski ainda elogiou outro recente shooter, BioShock, e chamou atenção para outro que está por vir neste ano. “Randy Pitchford da Gearbox é um designer absolutamente brilhante e um homem de negócios, e eu acho que o jogo Borderlands não está tendo tanto ibope como deveria porque ele realmente se parece com uma versão mais acessível e cheia de tiros de Fallout,” declarou ele.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Remake de Secret of Monkey Island disponível no dia 15 de Julho

LucasArts anuncia que seu novo trabalho chegará a XBL e Steam no dia 15 de julho; outra plataforma deverá ser anunciada “muito, muito em breve.”


A produtora LucasArts revelou na última segunda que estaria trazendo uma porção do Universo de Star Wars para a rede Steam com 10 de seus títulos para PC estando disponíveis já na quarta-feira (ontem), incluindo Star Wars Battlefront II and Star Wars Republic Commando. No mesmo anúncio da produtora também foi revelado que ela estaria trazendo uma versão moderna do primeiro jogo do universo de Monkey Island, The Secret of Monkey Island, online no dia 15 de julho.

A produtora anunciou que o retorno do adventure de 1990 seria lançado na Xbox Live, Steam, “e outro canal de distribuição online.” LucasArts também “pode ter outra plataforma para anunciar muito, muito em breve” para o jogo, de acordo com o produtor Craig Derrick em uma entrevista para o The Guardian, postado em 29 de Junho. O lançamento de The Secret of Monkey Island: Special Edition será cerca de uma semana depois do lançamento de outro jogo da franquia, Tales of Monkey Island Chapter 1: Launch of the Screaming Narwhal. Este jogo está disponível para PC via download desde ontem.

Conforme informado nos últimos previews do site GameSpot, o jogo terá várias mudanças, incluindo gráfico em em alta definição com um moderno estilo de pintura, “close-up” durante as cenas de diálogo, diálogos 100% falado, e uma novíssima trilha sonora gravada com instrumentos musicais. A edição especial também permite que os jogadores alternem estes os gráficos atuais e o antigo, exatamente como o do jogo original, com caracteres quadrados e diálogos sem som.

FONTE: Gamespot

Versão para PC de Dirt 2 adiado para Dezembro

Codemasters adia a edição para desktops de seu jogo de rally para implementar funções do Directx 11; versões para consoles e portáteis seguem na pista para Setembro.


Durante a Electronic Entertainment Expo em Junho, Codemasters disse que o seu jogo de rally Dirt 2 cruzaria a linha de chegada em Setembro para Xbox 360, Playstation 3, PSP, Wii, DS e PC. Entretanto, uma destas edições ganhou bandeira vermelha antes mesmo de dar a largada, pois a Codemasters disse na última segunda que Dirt 2 para PC foi adiado para Dezembro.


Mas isso não é necessariamente uma má notícia para os jogadores de PC loucos para acelerar nas novas curvas de Dirt 2. Codemasters disse que a razão do adiamento é para que o time de desenvolvimento possa implementar as tecnologias do Directx 11 no jogo. O Directx 11 está previsto para ser lançado junto com o Windows 7 – o mais novo sistema operacional da Microsoft – no dia 22 de Outubro, com compatibilidade de hardware no final deste ano.

Sobre o que isso significa para o jogo, o chefe técnico da Codemasters, Bryan Marshall, disse: “Nós estamos à frente por logo de cara tirar vantagem das novas tecnologias, como tessellation de hardware, multithreading, and Shader Model 5.0 para produzir a mais realista, imersiva e emocionante experiência em corridas de todo o mercado.” Em termos leigos, o time almeja aprimorar a animação da platéia, efeitos de água, detalhamento dos campos e sombreamento.

FONTE: Gamespot

LucasArts relança jogos antigos no Steam

Produtora inicia sua distribuição digital com Loom, The Dig, Star Wars: Battlefront II, entre outros em sua primeira leva de lançamentos retro.


Uma a uma, a lista de produtoras que aderem ao Steam tem aumentando cada vez mais. Para quem não conhece, Steam é uma loja online de distribuição digital de jogos para computador que está cada vez mais famosa entre as produtoras. Os usuários podem baixar e instalar o programa Steam gratuitamente, e depois eles tem uma lista enorme de jogos novos e antigos para comprar que pode ser baixado e jogado no computador. E a última produtora a aderir ao programa é a LucasArts. A produtora anunciou na última segunda-feira o seu plano de disponibilizar uma pequena porção de seus jogos antigos na loja online nesta semana.

A partir de 8 de Julho (ontem) os usuários do Steam poderão fazer o download de 10 dos games de PC da produtora, que vão desde os antigos jogos como Loom e The Dig até outros um pouco mais atuais como Thrillville: Off the Rails. Naturalmente, as duas maiores marcas da empresa estão representadas com vários títulos das séries Star Wars e Indiana Jones nesse meio.

Segue abaixo a lista completa do catálogo de jogos da LucasArts que estarão disponíveis no Steam nesta semana:


Armed and Dangerous
Indiana Jones and the Fate of Atlantis
Indiana Jones and the Last Crusade: The Graphic Adventure
Lego Indiana Jones: The Original Adventures
Loom
Star Wars Battlefront II
Star Wars Republic Commando
Star Wars Starfighter
The Dig
Thrillville: Off the Rails


Os jogadores mais antigos que ficaram desapontados por seus jogos favoritos não estarem na lista não precisam perder a esperança. A Lucas Arts disse que essa primeira leva de lançamentos é apenas parte de sua “nova missão de revitalizar o extenso portfólio de suas amadas franquias”.

Outra parte dessa missão inclui o recente revivamento da franquia Secret of Monkey Island, que teve seu primeiro episódio lançado para PC nesta última quarta pela Telltale Games. Uma edição especial do jogo Secret of Monkey Island original (completo com gráficos aprimorados) está marcado para ser lançado no dia 15 de Julho.

Atlus data o lançamento do jogo Demon’s Souls no PS3: 6 de Outubro

Além da edição normal, a empresa lançará também uma edição especial (deluxe edition) no valor de U$ 70,00 (R$ 140,00). Edição deluxe virá com um guia estratégico de 150 páginas.


Enquanto os jogadores no Japão têm disponível em suas lojas o jogo da From Software exclusivo para Playstation3 Demon's Souls já faz meses, os jogadores das versões americanas tiveram que se contentar apenas com os trailers do jogo (ou pagar as taxas de importação para adquirir a versão japonesa). Mas isso irá mudar, pois a Atlus USA anunciou nesta semana um lançamento do jogo na versão americana para o dia 6 de Outubro.


A Atlus revelou também que irá lança uma versão especial (deluxe edition) do jogo. Por U$ 69,99 (R$ 140,00) a edição especial trará incluso um guia estratégico de mais de 150 páginas e o jogo será vendido em uma caixa slipcase. A versão normal custará U$ 59,99 (R$ 120,00), e os jogadores que pré-adquirirem qualquer umas das versões nas lojas participantes irão receber um livro artístico com esboços/desenhos de criação e outras ilustrações do jogo.

Com sua história se passando no medieval reino de Boletaria, Demon’s Souls convoca os jogadores a limpar a terra dos demônios que foram soltos por engano pelo rei que estava à procura de poder. Os jogadores poderão customizar as habilidades e os equipamentos para executar a tarefa, com lutas, projéteis e magias para enviar os demônios de volta de onde eles vieram.

Enquanto o dia 6 não chega, confira abaixo um trailer do jogo.



segunda-feira, 6 de julho de 2009

Relatório aponta que o mercado de games no Japão tem queda de 24% no primeiro trimestre

O Nintendo Wii tem sido um monstruoso líder de mercado desde o seu lançamento no final de 2006, com as vendas do console durantes estes anos sendo interrompidas em diversas regiões unicamente pela incapacidade da Nintendo de conseguir dar conta da demanda. Entretanto, 2009 tem sido diferente para a Nintendo, com as vendas do Playstation 3 ultrapassando as do Wii pela primeira vez em um mês base em Março, e com a declaração do presidente Satoru Iwata de que o console de sua companhia está em uma “condição nada saudável”.

A força da Nintendo é indicativo da potência que é o mercado de games no Japão. Citando levantamentos fornecidos pela firma japonesa Enterbrain, o site IT Media reportou que, de 28 de Dezembro de 2008 a 28 de Julho de 2009, as vendas na indústria caíram para ¥218.9 bilhões (2,3 bilhões de dólares) no país, uma redução em relação ao ano passado de 24,4%. Nas linhas seguintes, o IT Media informa que as vendas de hardware caíram 27,6% durante o período, e as vendas de software 21,8%.

Conforme notado pelo site, um primeiro indicador dessa fraqueza da indústria é a falta de unidades que tenham chegado a 1 milhão de vendas neste primeiro semestre. Ao contrário, o site lembra que o primeiro semestre de 2008 viu o lançamentos de unidades que chegaram a 4 milhões de vendas, incluindo Super Smash Bros. Brawl para o Wii e Monster Hunter Portable 2nd G para o PSP.

Nesta primeira metade de 2009, as vendas de maiores performances foram Mario & Luigi RPG3!!! Para o DS com 650,000 unidades vendidas, de acordo com o relatório da Enterbrain, seguido pelos jogos Monster Hunter Portable 2nd G, da Capcom, Yakuza 3 para o PS3, da Sega, a edição para o PS3 do jogo Resident Evil 5 (conhecido como Biohazard 5) também da Capcom, e o Wii Fit da Nintendo.

Com relação ao hardware, o DSi e o DS Lite venderam 1,62 milhões de unidades durante o primeiro semestre de 2009 no Japão, seguidos pelos 1,18 milhões do PSP. As vendas de consoles foram realmente fracas, com o Wii vendendo 640,000 unidades, o PS3 com 550,000 unidades e o Xbox 360 por último com 210,000 unidades.

Trailer: Dante's Inferno (PS3, X360)

Novo trailer do jogo Dante's Inferno.



Trailer: The Conduit (Wii)

Assista ao excelente trailer de lançamento do jogo The Conduit no Reino Unido.



domingo, 5 de julho de 2009

Lançamentos da semana: 05 a 11 de Julho

Telltale Games ganha os destaques desta semana com o lançamento do primeiro capítulo da série de adventure dividida em episódios Tales of Monkey Island. O jogo será distribuído exclusivamente via download (distribuição digital) para PC e Wii.


O mais novo capítulo da franquia Monkey Island trará personagens no estilo cartoon como o famoso pirata Guybrush Threepwood e o fantasma LeChuck. O primeiro capítulo, entitulado Launch of the Screaming Narwhal, estreará esta semana, e cada um dos próximos quatro capítulos serão lançados mês a mês durantes os próximos quatro meses. O primeiro capítulo estará disponível para download apenas no WiiWare e no site da produtora.

Destaque também para a 2K Games que estará relançando dois aclamados jogos, BioShock e Elder Scrolls IV: Oblivion, em um único pacote. Os dois jogos juntos tiveram mais de 1.5 milhões de cópias distribuídas durante as três primeiras semanas de lançamento.

Segue abaixo a lista completa da semana:

5 de Julho, 2009
Nenhum lançamento agendado.

6 de Julho, 2009
Nenhum lançamento agendado.

7 de Julho, 2009
ARMA II (PC) - 505 Games
The Bigs 2 (PS2, PS3, PSP, Wii, X360) - 2K Sports
BioShock & The Elder Scrolls IV: Oblivion Bundle (PC, X360) - 2K Games
CID The Dummy (PC, PS2, PSP) - Oxygen Interactive
Tales of Monkey Island Chapter 1: Launch of the Screaming Narwhal (PC, Wii) - Telltale

8 de Julho, 2009
Nenhum lançamento agendado.

9 de Julho, 2009
Nenhum lançamento agendado.

10 de Julho, 2009
The Hardy Boys: The Perfect Crime (PC) - Dreamcatcher

11 de Julho, 2009
Nenhum lançamento agendado.

Trailer: Divinity 2 - Ego Draconis (PC, X360)

Novo trailer do jogo Divinity 2 - Ego Draconis.



Trailer: Operation Flashpoint: Dragon Rising Fear and Anticipation (PC, PS3, X360)

Segue abaixo um novo trailer do jogo da Codemasters, Operation Flashpoint: Dragon Rising - Fear and Anticipation.



Alpha Protocol com data de lançamento anunciada: 6 de Outubro

No dia 2 de Julho a Sega anunciou que o jogo Alpha Protocol estará disponível nos EUA para PS3, Xbox 360 e PC a partir do dia 6 de Outubro.

Alpha Protocol é um jogo de espionagem com elementos de RPG, e segue uma história parecida com o dos conhecidos filmes Bourne, de Robert Ludlum. O enredo apresenta Michael Thorton, um agente secreto que se tornou um rebelde depois de ter sido demitido do governo. Entretanto, considerando que a história do jogo tem uma aproximação com o RPG Mass Effect, da BioWare, os jogadores poderão assumir uma variedade de formas de camuflagens, se trasfornando em outros personagens, podendo agir desde um estilo mais sorrateiro até um estilo mais agressivo.

Enquanto o jogo não sai, resta-nos apenas curtir alguns dos excelentes trailers do jogo:




Trailer: Section 8 (PC, X360)

Novo trailer do jogo Section 8.


Capcom anuncia leva de antigos clássicos para a PSN

Embora a Sony tenha atualizado sua biblioteca de downloads com vários novos títulos na última semana, alguns acreditam que o serviço online ainda carece de títulos que sejam suficientes para suportar o iminente lançamento de seu novo portátil sem entrada para UMD (o PSP Go) no dia 1 de Outubro. Entretanto, a Capcom anunciou a alguns dias atrás que irá ajudar a Sony a aumentar sua biblioteca de jogos com o anúncio de 10 títulos confirmados como relançamento para a Playstation Network.

A inclusão da leva dos títulos da Capcom começou no dia 2 de Julho com o lançamento de Capcom Classics Collection Remixed, uma compilação contendo os jogos Bionic Commando, 1941: Counter Attack, Magic Sword, Strider e mais de uma dúzia de outros títulos. Outra combinação de títulos de arcades da Capcom, entitulada de Capcom Classics Collection Reloaded, virá em seguida ainda sem data determinada com uma linha de jogos que inclui Street Fighter II, King of Dragons, and Knights of the Round. Cinco outros jogos logo também se juntarão à leva de downloads, incluindo Mega Man Powered Up e Maverick Hunter X, bem como Street Fighter Alpha 3 Max.

A Capcom está ainda planejando enriquecer sua leva de títulos com jogos do Playstation Original para download para o PSP ou Playstation 2, como Dino Crisis, Resident Evil 2, e Resident Evil 3: Nemesis, incluindo-os na loja Online da Sony. Nesse meio tempo a Capcom promete trazer um dos animes mais populares do Japão para a PSN no meio deste ano com o lançamento exclusivo de Fate/Unlimited Codes.

Lista dos lançamentos da Capcom para o PSN:

Capcom Classics Collection Reloaded--PSP
Capcom Classics Collection Remixed--PSP
Darkstalkers--PSP
Dino Crisis--PSP, PS3
Mega Man Maverick Hunter X--PSP
Mega Man Powered Up--PSP
Power Stone Collection--PSP
Resident Evil 2--PSP, PS3
Resident Evil 3: Nemesis--PSP, PS3
Street Fighter Alpha 3 Max—PSP

FONTE: GameSpot

Trailer: Darksiders (PS3, Xbox 360)

Novo trailer do jogo Darksiders.



Analista prevê que distribuição/conteúdos para download guiará o crescimento da indústria na próxima década

Michael Pachter avalia o mercado de games de cima em baixo; espere World of Warcraft e Wii em alta definição no começo de 2011


Os últimos 10 anos têm sido épocas de tremendas mudanças na indústria dos games. Em 1999, o Dreamcast apresentou jogos online para consoles pela primeira vez. No ano seguinte, Electronic Arts e o jogo The Sims encabeçaram uma onda de expansão de novos jogadores que continua até os dias de hoje. Enquanto isso, jogos portáteis evoluíram de uma forma que não está mais limitado apenas ao GameBoy, com os aparelhos celulares, IPods, o PSP da Sony fazendo parte desse meio.

Os próximos 10 anos serão igualmente transformadores, se as previsões de um relatório de Michael Pachter , analista da Wedbush Morgan Securities, estiverem certos. Particularmente, Pachter crê realmente no aspecto da distribuição digital de jogos e conteúdos, e sua expectativa é de que ela cresça exponencialmente.

Em nossa opinião, o mercado de videogames crescerá numa taxa de 7,2% ou até mais nos próximos 10 anos, dobrando durante esse período no mínimo,” disse Pachter. “Nós prevemos os downloads digitais como motivo para explicar esse crescimento.

Daqui a 10 anos, Pachter espera que os consoles tenham incluso um terabyte de espaço de armazenamento e sugere que a distribuição de jogos completos via download será uma coisa normal (embora a venda de jogos em forma física ainda representará a maior parte do mercado). O analista também disse que as produtoras que identificaram a venda de jogos usados como redução no lucro de suas receitas estão trabalhando firme para migrarem para a distribuição digital. Nesse meio tempo, a ênfase estará nos conteúdos digitais e em jogos lançados em episódio.

Nós achamos que um pequeno exemplo desse cenário é o jogo Grand Theft Auto IV para Xbox 360, que foi vendido primeiramente na forma física, com fases adicionais sendo vendidas periodicamente mais tarde via download,” disse Pachter. “Nitidamente, depois de uma morna procura dos seus primeiros ‘episódios’ em download, a Take-Two decidiu por oferecer o primeiro e o segundo ‘episódios’ combinados na forma de caixa, com os dois episódios podendo ser jogados por completo sem a necessidade de se comprar o jogo original do GTA IV.

Mas estas não as únicas previsões do relatório, que é composto por 210 páginas. Pachter disse também que ele espera ver um lançamento de um MMO (Massive Multiplayer Online) de World of Warcraft, da Activision Blizzard, para o começo de 2011, e uma nova versão do Nintendo Wii capaz de rodar gráficos em alta definição no final de 2010. (Ele nomeou este suposto console de “Wii Plus”.).

Com relação as demais marcas, Pachter citou que o crescimento recente das propagandas no mercado de jogos deu uma estagnada. Ele também chamou o mercado de games para telefones celulares como uma moda, dizendo que o aumento no número de jogos vendidos graças ao sucesso dos produtos como os IPhones da Apple está perdendo foco por causa dos preços cada vez mais baixos destes mesmos títulos.

Por último ele enxerga as aquisições e união entre empresas como pouco promissoras num período próximo, dizendo que as maiores companhias de mídia estão com uma certa cautela com a indústria, e existem poucos candidatos nos mercado que sejam atrativos, com exceção à Ubisoft.


FONTE: GameSpot.com

sábado, 4 de julho de 2009

Estudo indica que 28% de todas as pessoas que jogam videogame nos EUA são mulheres

Nos Estados Unidos, pais que é junto com o Japão o maior mercado de games no mundo, números de uma pesquisa do NPD Group revelam mulheres povoando o Wii, jogadores hardcore em declínio e jogadores on-line no mesmo patamar.

De acordo com um estudo da Nelsen Company no mês de Abril, quase 50% de todos os jogadores de PC são femininos, com franquias famosas como The Sims sendo jogados primeiramente por mulheres. O último jogo da série, The Sims 3, vendeu mais de 1,4 milhões de cópias por semana depois de seu lançamento, provavelmente apoiado por esse acontecimento demográfico. Entretanto, um novo estudo do NPD Group mostra que esse aumento de jogadoras vai bem além da plataforma PC e agora elas já constituem mais de um quarto de todos os jogadores de videogame.

No relatório Gamer Augmentation 2009 da NPD publicado na última segunda-feira, o grupo revelou novos status que mostram que 28% de todos os jogadores de consoles em 2009 são do sexo feminino, um aumento em relação aos 23% do ano passado. O NPD Group atribuiu o aumento de 5% ao Nintendo Wii, o qual se acredita que atraiu um considerável número de novas jogadoras. É reportado que a quantidade de pessoas usando o Wii cresceu 19% em relação a 2008 em toda a área demográfica.

Durante a 2007 Women in Games Conference, a vice presidente da Electronic Arts Sharon Knight disse que o Wii é atrativo para as mulheres por causa de sua facilidade de acesso:
O Wii eleva o campo de jogo”, disse ela. “Você não se enrola – você começa a jogá-lo e já está se divertindo... (Os jogos para Wii) não requerem o mesmo esforço para dominar e aprender a jogar (como os jogos dos outros consoles)”.

O estudo do NPD Group mostra também alguns outros aspectos sobre outros grupos demográficos. Descobriu-se que os jogadores mais hardcore jogam em média 39 horas por semana, uma redução em relação às 46 horas do ano passado. Embora o estudo mostre que, de todos os tipos de jogadores, os hardcore têm a média mais baixa de gastos com jogos, eles são os que desembolsam as maiores quantias para adquirir um jogo. Jogadores hardcore compraram numa média de 24 títulos no quarto trimestre de 2008.

A quantidade de tempo gasto com jogos online permaneceu o mesmo em relação ao ano passado, apesar daquilo que o NPD Group chama de “foco da indústria em jogos online”. Em média, 38% é o tempo gasto pelos jogadores com jogos online.

O estudo Gamer Augmentation 2009 foi conduzido em Janeiro de 2009 com mais de 20.000 participantes entre 2 e 65 anos e inclui dados de 2008. A pesquisa foi realizada para mostrar apenas dados dos jogadores dos EUA.