quinta-feira, 30 de setembro de 2010

‘Two Worlds II está pronto’ – TopWare desmente a distribuidora SouthPeak

Estúdio refuta as declarações da SouthPeak de que o atraso se deve a um estado inacabado do jogo, e diz que a distribuidora americana mudou a data de lançamento para evitar concorrência com outros jogos.

Na última segunda-feira, a SouthPeak Interactive adiou para Janeiro o lançamento norte americano de Two Worlds II, dizendo que o que eles querem é que o jogo esteja “absolutamente perfeito” quando ele for lançado.
As declarações de que o RPG estaria num estado mal acabado e de que ele precisaria de um desenvolvimento extra não foram muito bem aceitas na TopWare Interactive, estúdio que está desenvolvendo Two Worlds II em conjunto com a desenvolvedora Reality Pump. A idéia de que o jogo estaria incompleto também não foi bem aceita pela distribuidora do jogo na Europa, a Zuxxez, que ainda planeja lançá-lo em alguns países do continente no dia 21 de Outubro.
O mundo de Two Worlds II está completo. Err.. exceto por esta ponte.

Um dia depois, a TopWare disse à GameSpot que o desenvolvimento de Two Worlds II foi finalizado e que a decisão da SouthPeak foi feita na verdade devido a “excepcional lista” de jogos de RPG que serão lançados no final deste ano.
Pra dizer a verdade, os fãns tem muito tempo para gastar jogando estes jogos de conteúdo rico, e havia a preocupação de que nosso jogo pudesse ser pouco notado,” disse o diretor administrativo da TopWare, James Seaman. “A nossa distribuidora parceira SouthPeak, por conta própria, entendeu desta forma e fez o ajuste, prorrogando o lançamento de Two Worlds II para o começo de 2011.”
A TopWare também afirmou que as declarações da SouthPeak de que o jogo não estaria pronto são incorretas. Toda a produção, teste de erros e trabalhos de localização, segundo a empresa,  foram finalizados na metade de Setembro, e que o lançamento de Two Worlds II, sendo neste ano ou no ano que vem, terá o mesmo conteúdo. Ao invés de concentrar os trabalhos no jogo Two Worlds II em si, a Reality Pump está preparando os lançamentos de suporte pós-lançamento do jogo.


FONTE: GameSpot.com

................................................................................................................
Outras notícias:
- Próximo Tomb Raider será do gênero mundo aberto?
- Fable III para PC é adiado
................................................................................................................

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Kits de desenvolvimento do PSP2 já estão sendo distribuídos às desenvolvedoras

A Sony está se preparando para apresentar uma significativa lista de jogos para o lançamento de seu segundo portátil.

Todos os meses desde que a NPD Group parou de acompanhar as vendas do antigo Playstation 2, o PSP tem estado sempre nas últimas posições do quadro de vendas de hardwares da empresa de pesquisa e acompanhamento de mercado. Entretanto, a plataforma, que já comercializou mais de 62 milhões de unidades desde o seu lançamento, convenceu a Sony a fazer grandes planos para o seu sucessor.

O site da revista Develop publicou um artigo onde ela informa ter ficado sabendo que a Sony tem distribuído cópias do kit de desenvolvimento do PSP2 para diversos estúdios chaves, se preparando assim para apresentar uma significativa lista de jogos para o lançamento de seu segundo portátil.
O novo aparelho teria sido mostrado aos desenvolvedores no começo do ano, e desde então a Sony tem enviado os kits a diversos estúdios de desenvolvimento – tanto internos quanto estúdios de terceiros.
Diversas fontes da indústria – que têm conversado sobre o assunto com a Develop nos últimos dois meses – mostram que a Sony está espalhando a tecnologia do PSP2 por toda a indústria para que haja um grande impacto durante o lançamento.
As fontes não quiseram gravar entrevista para falar sobre o novo portátil – o que é compreensível  – e também se recusaram a fornecer mais detalhes sobre os protótipos, mas chegaram a mencionar o aparelho.

Até agora apenas um desenvolvedor chegou a comentar sobre o PSP2 de forma pública.
O produtor Executivo da Netherrealm Studios, Shaun Himmerick, disse á IndustryGamers que seu estúdio “está com o PSP2 em mãos é nós estamos dando uma olhada na engine, tipo o que ele suporta. Uma coisa importante para nós é a performance. Nós estamos rodando à 60fps, o que podemos fazer e nós temos que construir os recursos de arte baseados nele.”
O lançamento do PSP2 da Sony está sendo cogitado para 2011 – que é quase certo de ser o mesmo ano em que a Nintendo lançará seu portátil, o 3DS. Os kits do 3DS já estão em grande circulação.
Se confirmado, o lançamento de um segundo PSP ajudaria a melhorar o baixo desempenho da Sony no mercado de portáteis. Depois do lançamento do PSP em 2005, a empresa apostou numa versão totalmente diferente do aparelho com o PSP Go em 2009.

Entretanto, este último não deslanchou. Embora as vendas nos EUA não tenham sido divulgadas, o portátil – que não possui entrada para mídia física, rodando apenas jogos baixados via download na PSN – tem aparecido na última posição do quadro de vendas japonês já a vários meses, tendo vendido na semana do dia 13 de Setembro apenas 863 unidades.

FONTE: GameSpot.com e Develop.com

............................................................................................
Outras notícias:
...........................................................................................

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Nintendo lançará um novo controle Wii Remote com Motion Plus embutido?

GameStop lista e depois remove de seu site um produto que indica que a Nintendo lançará uma versão atualizada de seu controle de movimentos.

Com o lançamento do Playstation Move à duas semanas atrás e com a chegada do Kinect no dia 4 de Novembro, a Nintendo finalmente ganhará competidores na guerra de controles por movimentos. E um dos passos para se manter competitiva parece ser o lançamento de uma versão atualizada de seu controle Wii Remote, uma versão que traga embutida nele o Motion Plus, acessório que melhora a precisão do controle e que atualmente é usado como um encaixe para o Wii Remote.
.
O novo controle viria dentro de um combinado que inclui o jogo FlingSmash.
.

Na última sexta-feira, a Nintendo Life disse ter descoberto justamente isso, através da listagem de um produto feita no site da GameStop para o jogo FlingSmash da Nintendo. Como pode ser visto na imagem, a Nintendo estará lançando um combinado do novo controle “Wii Remote Plus” com cópias do jogo quando ele for lançado em Novembro. O produto, que foi removido do site da GameStop, havia sido listado com o valor de $50 (R$ 90).
O pacote também mostra o Wii Remote Plus na cor preta, e não possui o atual Wii Motion Plus encaixado na parte de baixo do controle. O controle parece ter também uma escrita circular em volta do logo “Wii” na parte inferior, escrita essa que não aparece na atual versão do Wii Remote.
Nós não temos nada para anunciar neste momento,” disse um representante da Nintendo da América à GameSpot. Entretanto, representantes da Nintendo da Europa disseram à Eurogamer que o acessório “é real” mas não forneceram maiores informação.


FONTE: GameSpot.com

........................................................................................................
Outras notícias:
-
Goldeneye 007 com controle clássico na cor ouro é anunciado
- Epic Mickey ganha edição de colecionador
........................................................................................................

Vendas no Reino Unido: F1 2010 ultrapassa Halo: Reach

O simulador de F1 da Codemasters estréia no quadro de vendas inglês na primeira posição.

A Chart-Track informa que o jogo F1 2010 da Codemasters alcançou o pódio mais alto do quadro de vendas do Reino Unido. Halo: Reach acabou caindo para segundo em sua segunda semana após o lançamento com uma queda de 80% nas vendas. O outro grande lançamento da semana, Dead Rising 2, estreou em terceiro. De acordo com a Chart-Track, F1 2010 vendeu mais cópias que Halo: Reach e Dead Rising 2 juntos.

F1 está de volta em alta definição e multiplataforma.

Também de acordo com a empresa de estatísticas, F1 2010 é o primeiro jogo licenciado da Fórmula 1 a alcançar a primeira colocação no quadro de vendas britânico desde o jogo da Sony exclusivo para Playstation One, Formula One 2001, que foi lançado a 9 anos atrás. F1 2010 também vendeu mais de 10 vezes o número de cópias do jogo de 2001.
Sid Meier's Civilisation V estreou em quarto no Reino Unido, empurrando Sports Champions para quinto. O mais novo jogo de música da Activision, Guitar Hero: Warriors of Rock, ficou em sexto.
Final Fantasy XIV, o novo MMO da famosa série da Square Enix, conseguiu entrar na lista dos 10 mais vendidos apesar de ter sido lançado apenas a edição de colecionador nesta semana, com a versão normal chegando semana que vem.

FONTE: GameSpot.com
........................................................................................................
Outras notícias:
- Halo: Reach alcança o primeiro lugar no Reino Unido
- Halo Reach é lançado na Austrália e na Inglaterra
........................................................................................................

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Project Milo cancelado…. de novo?

LionHead Studios diz ter dispensado 19 prestadores de serviços depois de cancelar o projeto do menino virtual; o resto do time foi transferido para o desenvolvimento de Fable.

FONTE: Site inglês sobre games Eurogamer.
A câmera de sensor de movimentos da Microsoft Kinect chegará às lojas no dia 4 de Novembro, mas parece que só anteontem a Lionhead Studios resolveu definir o futuro do Projeto Milo, que foi usado para apresentar as novas funcionalidades do aparelho durante a Electronic Entertainment Expo de 2009. Desde então, o status do projeto tem sido um mistério, com a Microsoft, em Junho, chegando a dizer num prazo de apenas 24 horas que não havia planos, e depois que havia planos de levar o Projeto Milo ao mercado.
Milo pode estar com os dias contados.

Mas agora é possível que a Microsoft tenha mais uma vez desistido do jogo. A Eurogamer publicou anteontem que Project Milo foi oficialmente cancelado, com a LionHead dispensando 19 prestadores de serviço que estavam trabalhando no projeto. Infelizmente, as informações conseguidas pela Eurogamer parecem mesmo serem verídicas, pois o site inglês cita “fontes que dizem estar próximas da situação” pela procedência da informação.
Apesar de ser uma notícia ruim para os jogadores do Xbox 360 que esperavam por Milo, o resultado desta decisão deverá agradar aos fãns de Fable. De acordo com a fonte da Eurogamer, a Lionhead convocou agora dois times para trabalhar na série Fable. Mais precisamente, o time que estava trabalhando em Milo implementará  alguns dos seus trabalhos em um jogo para o Kinect com o tema de Fable.
Curiosamente, durante uma conversa com o próprio site inglês no mês passado, o chefe da LionHead, Peter Molyneux, havia dito que Projeto Milo estava sendo absolutamente direcionado para um lançamento no varejo, afirmando que “Eu não trabalharia nele se eu não achasse que isto se tornasse realidade, sim.”


FONTE: GameSpot.com
........................................................................................................
Outras notícias:
-
Projeto Natal atrás dos Não-Jogadores
- Kinect não reconhecerá outras línguas européias além do Inglês britânico
........................................................................................................

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Ico e The Last Guardian poderão virar filmes/adaptação para os cinemas

O executivo de produção da Misher Entertainment diz que podem acontecer mais adaptações de jogos dos estúdios Team Ico para os cinemas se o filme Shadow of the Colossum for um grande sucesso.

The Last Guardian da Team Ico foi um dos destaques mais aguardados da Tokyo Game Show 2010, com a Sony Computer Entertainment divulgando um novo trailer e uma previsão de lançamento para o final de 2011 para o jogo de ação/aventura. Os jogadores que gostaram do que viram se entusiasmarão em saber que, se a adaptação para os cinemas do jogo Shadow of the Colossus, que está sendo produzida pela Sony Pictures, obtiver sucesso, um filme sobre The Last Guardian também pode estar nos planos.
Poucos são os atores talentosos qualificados para fazer o papel de um enorme cão-pássaro.


Em uma entrevista concedida para o blog sobre filmes Play Till Doomsday, o executivo de produção da Misher Entertainment, Kevin Ping Chang, deixou em aberto a possibilidade de Ico e Last Guardian ganharem uma adaptação para os cinemas
A visão de [chefe da Team Ico, Fumito] Ueda é fantástica e apesar de estes jogos não fazerem parte de uma mesma série, existe uma conexão espiritual entre eles,” disse Chang.
Ele continuou dizendo, “Isto com certeza  é algo pelo qual temos lutado como uma produtora, apresentando fatos tanto para a SCE e para a Sony Pictures para dizer ‘Se Colossus dá certo,  esta é a visão pela qual nós queremos continuar fornecendo para pelos menos mais dois episódios.’ Nós adoraríamos fazer isso.”
Lançado para o Playstation 2 em Setembro de 2001, Ico coloca os jogadores na pele de um jovem que precisa escortar uma princesa de sua prisão em segurança. A sua missão é mais complicada por que a pricensa não consegue acompanhar o seu ritmo e também pelo fato de os dois não falarem a mesma língua.
Quatro anos mais tarde, a Team Ico lançou Shadow of the Colossus, que conta a história de um jovem guerreiro que leva a sua amada para um longínquo templo na esperança de restaurar sua saúde. De acordo com a misterioso presença de um ser que vaga por entre os muros do templo, a única forma de salvar a garota é caçando e derrotando 16 enormes bestas que circulam aos arredores das campos.
Com relação à adaptação de Shadow of Colossus para o filme, Justin Marks foi escalado para escrever o roteiro, tendo ele conseguido pouco sucesso com Street Fighter: The Legend of Chun-Li, filme lançado em 2009. A Misher Entertainment, que é chefiada por Kevin Misher, está responsável pela produção, tendo trabalhados em outros filmes de grande sucesso como O interprete e Inimigos Públicos.

FONTE: GameSpot.com
........................................................................................................
Outras notícias:
-
Filme de Metal Gear Solid interrompido por tempo indeterminado
- Uncharted nas telas do cinema
........................................................................................................

Sony otimista em alcançar a meta de 15 milhões de PS3 no ano

Kaz Hirai diz a Reuters que as vendas do console foram “melhores do que o esperado” em Agosto.


A Reuters publicou semana passada que a Sony está confiante em alcançar a meta de vendas estipuladas para o Playstation 3. O presidente da Sony Computer Entertainment, Kaz Hirai, disse ao site de noticias durante a Tokyo Game Show que as vendas do PS3 não somente alcançou a meta estipulada até o momento, mas foi até um pouco além das expectativas.

A Sony espera vender pelo menos 15 milhões de PS3 neste ano.


Até o final de Agosto, as vendas se mostraram um pouco acima do esperado,” disse Hirai. Alguns analistas estão prevendo uma redução de preço até o final do ano no console de $300 (R$ 540), que teve o seu HD aumentado para 160Gb no mês passado. Também já há disponível uma versão do console com HD de 320Gb junto com um combinado que inclui também o Playstation Move.

A meta da Sony de vender 15 milhões de PS3 durante o seu ano atual ano fiscal (que tem fim em 31 de Março de 2011) foi anunciada logo após a empresa divulgar em Maio o seu resultado financeiro anual, que mostrou que ela conseguiu diminui os prejuízos fiscais em $440 milhões (R$ 792 milhões). No ano passado, a meta da Sony era a de vender 13 milhões de PS3, uma meta que a empresa parecia que não iria alcançar até a introdução no mercado do PS3 Slim de $300 (R$ 540) no final de Agosto. O novo console, menor e mais barato, aumentou consideravelmente a vendas da plataforma, que teve uma leva de edições especiais e exclusivas apresentadas em Junho durante a Electronic Entertaiment Expo.

Até agora, o Playstation 3 vendeu 38 milhões de unidades no mundo todo, com o seu primo portátil PSP comercializando cerca de 62 milhões de unidades. Para efeitos de comparação, no começo deste ano a Microsoft declarou que o Xbox 360 havia vendido 40 milhões mundialmente, enquanto que a Nintendo comercializou cerca de 132 milhões de DSs e 74 milhões de Wiis. Destes, cerca de 30 milhões de consoles Wiis foram vendidos somente nos Estados Unidos.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Resultado Financeiro Anual - Sony: divisão de jogos apresenta prejuízos de $890 milhões, vendas do PS3 chegam a 35,7 milhões
- Sony patenteia adaptador externo de retro compatibilidade
..............................................................................................................

‘Nós vamos vender mais Kinects do que Xboxes no lançamento’ – Microsoft

O diretor Aaron Greenberg estima que 3 milhões de Kinects serão comercializados até o final do ano.


Até antes da TGS, para o lançamento de seu aparelho de câmera com sensor de movimentos para o Xbox 360, a Microsoft havia incluído quase que em sua totalidade apenas o grupo de jogadores casuais ou voltados para os jogos em família. Entretanto, durante a sua conferência de imprensa na Tokyo Game Show 2010, a empresa apresentou os primeiros títulos voltados para o público mais aficcionado, entre eles Codename D da Grasshopper Manufacture, Steel Battalion da From Software e Rise of Nightmares da Sega, ampliando assim o número de pessoas que possam vir a se interessar pelo novo acessório.

Microsoft almeja se kinectar com 3 milhões de residências até o final do ano.


Com o Kinect previsto para ser lançado na América do Norte no dia 4 de Novembro, a Microsoft acredita que este interesse resultará num desempenho multimilionário em unidades vendidas até o final do ano. Conversando com a Gamasutra, Aaron Greenberg , diretor de produção da Xbox, estimou que o Kinect venderá 3 milhões de unidades durante as férias de final de ano.

Nossos indicadores são os feedback dos lojistas,” disse ele. “Eu acho que você se surpreenderia em quanto sofisticado eles estão sendo, e eles realmente têm o apoio do mercado. Eles estão observando as pré-reservas, eles estão conversando com os consumidores. Nós também fizemos a nossa própria pesquisa. Nós acreditamos que este será o maior lançamento de nossa história, para o Xbox. Nós iremos vender mais sensores Kinects do que Xboxes 360 vendidos no lançamento.

Nossas estimativas apontam que nós iremos vender até 3 milhões de unidades nestas férias,” disse. Ele comentou também que a Microsoft está gastando “centenas de milhões” em propaganda, valores que ultrapassam os números gastos no lançamento do Xbox 360.

Apesar das grandes previsões, as estimativas da Microsoft na verdade estão até conservadoras se comparadas com as projeções feitas pelo analista Colin Sebastian, da Lazard Capital Markets. No mês passado, a empresa de pesquisa e estatísticas previu que as vendas do Kinect seriam de 3 a 4 milhões, graças em parte aos planos da Microsoft de encher as lojas com combinados promocionais do Xbox 360 com o dispositivo.

Destes combinados, a Microsoft já anunciou um pacote do Xbox 360S/Kinect no valor de $300 (R$ 540) que incluirá o aparelho, a nova versão de 4Gb do console, e o jogo Kinect Adventures. Um outro combinado de $400 (R$ 720) que incluirá o Xbox 360 de 250Gb também está nos planos. Os jogadores terão a opção ainda de adquirir apenas o Kinect por $150 (R$ 270).


FONTE: GamneSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Microsoft anuncia combinado do Kinect com o Xbox 360 de 250Gb
- Kinect não reconhecerá outras línguas européias além do Inglês britânico
..............................................................................................................

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Capcom e Level -5 se unem para criar um novo projeto

Keiji Inafune parece confirmar que a distribuidora de Dead Rising 2 criou uma parceria com o estúdio em um título ainda não anunciado; a série Professor Layton alcançam 9,5 milhões de unidades vendidas.


Um dia após o chefe de pesquisa e desenvolvimento da Capcom, Keiji Inafune, elogiar a Level-5, surge uma notícia de que o funcionário da Capcom e o estúdio do jogo Professor Layton se uniram para criar um projeto. Quando perguntado pelo site japonês Diamond Online (e traduzido pelo blog Andria Sang) se as informações sobre uma parceria entre as parte eram verdadeiras, o co-criador de Mega Man não poupou palavras.


“Este boato é verdadeiro,” disse Inafune. “Nesse momento, nós dois, com nossa equipe, estamos trabalhando em conjunto em algumas coisas realmente interessantes. Embora o [diretor executivo da Level-5, Akihiro] Hino seja jovem, é alguém que eu respeito. Eu quero tentar trabalhar com ele, então eu o contratei.” Nenhum outro detalhe sobre o projeto – ou projetos – foi divulgado.

E a aprovação á Hino vai mais além. “A coisa que eu mais respeito em Hino é a sua ética de trabalho,” disse Inafune. “Antes de conhecer Hino, eu via a quantidade de trabalho que eu estava tendo, e até cheguei a pensar que eu fosse talvez a pessoa mais atarefada da indústria dos games. Mas depois de conhecê-lo, eu pensei, “eu provavelmente não sou o número um.”

Inafune disse ainda que as vendas da série Professor Layton da Level-5 alcançou agora 9,5 milhões de unidades. A franquia do DS ganhou um novo capítulo com o lançamento norte-americano da semana passada Professor Layton and the Unwound Future, que recebeu ótimas análises da mídia. O jogo esteve entre os 10 títulos mais bem vendidos da Bestbuy.com durante a sua semana de lançamento, de acordo com o ranking divulgado pela loja.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Os desenvolvedores japoneses estão atrasados 5 anos - Inafune
- Novo Devil May Cry e Asura's Wrath são anunciados pela Capcom
.............................................................................................................

Próximo Tomb Raider será do gênero mundo aberto?

Cópias prévias da PC Gamer revelam que a Eidos está voltando com a famosa heroína Lara Croft, desta vez levando a série para um novo gênero.


FONTE: Cópias prévias de uma edição da PC Gamer conseguidas pela Eurogamer.
.
Depois da baixa recepção obtida pelo jogo Tomb Raider: The Angel of Darkness em 2003, a então distribuidora independente Eidos Interactive retornou com a série em 2006 com Tomb Raider: Legend. O novo jogo mostrou uma Lara Croft completamente redesenhada e mais realista.
.
Notícias sugerem que Tom Raider apresentará uma jovem Lara Croft em um mundo aberto.


Agora, um mês após Lara Croft and the Guardian of Light – que é comercializado somente via distribuição digital – ter sido lançado para Xbox 360 com boas análises da mídia especializada (as versões para PS3 e PC chegarão semana que vem), um novo jogo Tomb Raider pode estar surgindo. De acordo com a Eurogamer, uma cópia prévia da revista PC Gamer revela que o próximo Tomb Raider – cuja série é distribuída pela Square Enix sob o nome Eidos – retornará na história da série pela segunda vez.

Aparentemente, o jogo contará uma história original que se passará em uma ilha japonesa e apresentará uma jovem e pouco experiente Lara Croft explorando as selvas da ilha. A notícia diz que o jogo será do gênero mundo aberto (livre exploração), e mostrará a jovem heroína superando enigmas e obstáculos de várias maneiras. O jogo está sendo produzido para PC, PS3 e 360 e tem previsão de lançamento para 2011. Nenhuma desenvolvedora é citada na notícia, embora a série tenha sido criada pelo estúdio Crystal Dynamics desde 2004.

A Square Enix não respondeu às solicitações da GameSpot sobre o assunto até o presente momento.


FONTE: GameSpot.com
..............................................................................................................
Outras notícias:
- Criador de Tomb Raider dá adeus à Crystal Dynamics
- Square Enix aposenta o nome da marca Eidos para distribuição de jogos
..............................................................................................................

Os desenvolvedores japoneses estão atrasados 5 anos - Inafune

O desenvolvedor da Capcom diz que a TGS mostrou que “estão criando jogos horríveis,” e que Lost Planet 2 ficou “muito japonês” para ser aceito no Ocidente.


Os últimos dez anos têm mostrado que o equilibro da indústria dos games está pendendo mais para o lado Ocidental do que Oriental. A empresa americana Microsoft, que conquistou um considerável espaço na guerra dos consoles, e a ascensão de desenvolvedoras como a escocesa Rockstar North e a californiana Infinity Ward, que têm sido responsáveis por séries de sucessos fenomenais como Grand Theft Auto e Call of Duty, são exemplos disso..

Inafune acha que a indústria de games no Japão está com sérios problemas.


Esta tendência não tem passado despercebida pelos criadores japoneses. Durante a abertura da Tokyo Game Show de 2008, o presidente da Square Enix, Yoichi Wada, comparou as distribuidoras japonesas aos fumantes que fumam demais e que não largam o seu hábito até que um médico lhes dê um diagnóstico de câncer terminal. E na TGS deste ano, um outro discurso parecido, desta vez feito pelo diretor administrativo da Capcom, Keiji Inafune, também fez uma avaliação pessimista sobre as empresas de games japonesas.

Conversando com a New York Times, Inafune disse: “Eu dei uma volta pela Tokyo Games Show, e todos estão criando jogos horríveis; o Japão está a pelo menos 5 anos atrás.” Ele criticou especialmente os designers que encontraram sucesso em um jogo e então passam a usar a mesma fórmula sempre, e complementou dizendo que isto não funciona mais.

E as críticas à indústrias não se limitaram apenas ao processo de criação dos jogos. De acordo com Inafune, também não há suporte financeiro suficiente para os desenvolvedores japoneses.

O lado comercial não está fornecendo investimentos,”disse Inafune. “Você precisa estar preparado para investir ¥4 bilhões ($47 milhões, R$ 84,6 milhões) ou mais em um jogo, e depois gastar mais ¥2 bilhões ($23.5 milhões, R$ 42,3 milhões) para promovê-lo. Mas as empresas japonesas não conseguem fazer isso. Então nós estamos perdendo para o Ocidente em termos de investimentos nos games. É um círculo vicioso, uma espiral deflacionária. Por causa de que você não investe, você não consegue vender jogos, e por causa de você não conseguir vender jogos, você não consegue investir.”

Apesar de a Capcom ter obtido sucesso no Ocidente nos últimos anos com grandes jogos como Resident Evil 5, Super Street Fighter IV, e Dead Rising, Inafune disse que a distribuidora ainda não se acostumou com as mudanças da indústria. Lost Planet 2 em especial foi um passo atrás para a empresa, com Inafune definindo os desenvolvedores do jogo como “mal orientados.” Ele disse que eles o fizeram muito parecidos com Monster Hunter, que é um fenômeno excepcional no Japão mas consquistou apenas um sucesso mediano na Europa e na América do Norte.

Eu quero criar jogos que atravessem o mundo, mas a Capcom não tem levado a globalização a sério,” disse Inafune. “Eu quero estudar o modo de vida dos ocidentais, e criar jogos que os interessem.”

Inafune também citou outros desenvolvedores japoneses que obtiveram sucesso. Ele falou da composição de diretores da Nintendo, dizendo que 80% do quadro de gestores viream da parte de desenvolvimento e entendem o que é preciso. Ele também elogiou a Level 5, desenvolvedora de Dragon Quest IX e Professor Layton, dizendo que “no futuro, eles irão nos superar.”


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Capcom adquire a Blue Castle Games
- Novo Devil May Cry e Asura's Wrath são anunciados pela Capcom
.............................................................................................................

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Diretora executiva de marketing da Nintendo deixará a empresa

Em meio à significante queda de desempenho do Wii e do DS, a chefe de vendas Cammie Dunaway saíra da empresa.
.

Cammie Dunaway tem sido uma conhecida representante da Nintendo da América desde 2007 quando ela assumiu o cargo de vice-presidente executiva de vendas e marketing no lugar do atual presidente e diretor geral de operações Reggie Fils-Amie. Entretanto, isso está prestes a mudar, pois a Nintendo anunciou ontem que Dunaway deixará o cargo a partir de 1 de Outubro.
.
Até mais, Cammie Dunaway.


Sobre a saída de Dunaway, a Nintendo disse apenas que ela aceitou um outro cargo executivo fora da indústria dos games. A distribuidora não informou um substituto, nem mesmo um interino, para o maior cargo de vendas e marketing da empresa. Dunaway possui mais de duas décadas de experiência em marketing, incluindo um período de mais de 13 anos na Frito Lay e também trabalhando como supervisora de marketing no Yahoo!

Nós agradecemos a contribuição de Cammie à Nintendo e todo o seu esforço em levar as experiências do Wii e do Ninitendo DS para milhões de pessoas,” disse Fils-Aime em uma nota oficial. “O seu time e o resto da Nintendo da América continuarão focados em nossos objetivos de manter o incrível momento que a Nintendo passa para a temporada das férias de final de ano.”

A saída de Dunaway acontece no exato momento em que o mercado de consoles e portáteis da Nintendo apresenta uma significante queda. Durante o trimestre entre Abril e Junho, a distribuidora japonesa divulgou um raro resultado negativo de ¥25.2 bilhões ($294 milhões, R$ 529,2 milhões) nos lucros e queda de 25,6% nas receitas. Além dos valores na conversão do cambio não terem sido favoráveis, a Nintendo também citou a queda nos números das vendas de hardware e software para Wii e DS como motivos pelo resultado negativo.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Preços do DSi e do DSi XL diminuem a partir de 12 de Setembro
- Wii vende 30 milhões nos EUA, Wii Play é o jogo mais vendido
..............................................................................................................

The Last Guardian chegará no final de 2011

O mais novo jogo exclusivo da Team Ico para o Playstation 3 chegará ao mercado no ano que vem.
.

A Team Ico desta vez divulgou mais do que apenas um trailer de The Last Guardian durante a Tokyo Game Show deste ano. Tendo dito anteriormente que o estúdio poderia ter algo para mostrar durante o evento deste ano no Japão, a Sony anunciou de forma oficial que The Last Guardian estará disponível para o Playstation 3 durante as férias de final do ano que vem.

The Last Guardian ainda está longe.


The Last Guardian tem estado em produção já há bastante tempo, com as primeiras notícias sobre a existência do novo projeto aparecendo no final de 2005. Em 2008, se esperava que ele aparecesse na Tokyo Game Show do mesmo ano, e em 2009 surgiu uma versão pouco acabada do trailer do anúncio do jogo. Entretanto, apesar de algumas poucas imagens divulgadas, detalhes sobre a jogabilidade e a história ainda são um mistério.
.
O novo trailer de The Last Guardian (abaixo), divulgado na TGS deste ano, revela poucos detalhes sobre o jogo. Nele é mostrada a amizade e a ajuda mútua entre um menino e uma enorme fera. O trailer também mostra o garoto em ação por diversos ambientes.

The Last Guardian é o mais novo projeto da Team Ico, que criou sua reputação com os jogos Ico e Shadow of the Colossus, ambos exclusivos para Playstation 2. Também durante a TGS 2010, o diretor da Team Ico, Fumito Ueda, confirmou que estes dois títulos serão relançados em um único disco para o PS3. Os dois jogos receberão um tratamento em alta definição e terão suporte à tecnologia 3D. Por fim, o jogo Ico virá com o final da versão Européia ao invés da americana.

A Team Ico Collection está prevista para chegar na metade de 2011.





FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Team Ico Collection em HD e em 3D é oficialmente anunciado
- Last Guardian estará presente na TGS?
..............................................................................................................

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Halo: Reach alcança o primeiro lugar no Reino Unido

O ultimo jogo da Bungie na série Halo se estabelece como o mais vendido da semana na Inglaterra, superando o lançamento do jogo exclusivo para o controle Move da Sony, Sports Champions.
.

Halo: Reach alcançou nesta semana o primeiro lugar no quadro de vendas da indústria dos games na Inglaterra, divulgado pela Chart-Track. A estréia do jogo de tiro em primeira pessoa da Microsoft foi o lançamento de maior sucesso da distribuidora de todos os tempos, e também o quinto maior lançamento em uma única plataforma de toda a história do Reino Unido, atrás de Call of Duty: Modern Warfare 2 tanto para Playstation 3 quanto para Xbox 360, GTA: San Andreas para PlayStation 2, e Grand Theft Auto IV para Xbox 360.

Fãns de Halo começaram a fila às 5:45am para o lançamento oficial em Londres.


Isto significa que Halo: Reach superou tanto Halo 3 quanto Halo 3:ODST em relação a primeira semana de lançamento. De acordo com a Chart Track, Reach vendeu 20.000 mais cópias do que Halo 3 e 200.000 a mais do que ODST. Entusiastas da série iniciaram logo cedo as filas por toda a Inglaterra para a estréia de jogo.

O sucesso de Reach fez o jogo superar Mafia II, da Take 2, que caiu da primeira para a terceira posição, mas o outro lançamento de grande expectativa na semana era Sports Champions e o PlayStation Move, que acabou ficando com o segundo lugar. Apesar do jogo da Sony ter ido bem em sua estréia, outros lançamentos para o Move não conseguiram entrar na lista dos 10 mais vendidos. Start The Party ficou apenas com a 29º posição, e Racquet Sports da Ubisoft a 32º. Nenhum outro título para o Playstation Move ficou entre os 40 jogos mais vendidos no Reino Unido nesta semana.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Halo: Reach arrecada $200 milhões em 24 horas
- Halo Reach é lançado na Austrália e na Inglaterra
..............................................................................................................

Team Ico Collection em HD e em 3D é oficialmente anunciado

Após informações vazadas na Internet, o próprio Fumito Ueda confirma o lançamento de uma versão em alta definição e com suporte total à tecnologia 3D de Shadow of the Colossus and Ico para 2011.
.

De tempos em tempos as lojas de internet listam jogos que nem sequer receberam uma data concreta de lançamento ou foram anunciados de forma oficial. Entretanto, apesar das informações destes produtos nem sempre serem corretas, elas geralmente fornecem dicas úteis do que as distribuidoras estão planejando que ainda não foi passada para o público. E o mais novo caso foi o do tão comentado Team Ico Collection, que acabou sendo confirmado de forma oficial pelo diretor da Team Ico, Fumito Ueda, durante a Tokyo Game Show realizada semana passada.

Alguns segredos são grandes demais para serem escondidos.


Embora o jogo ainda esteja em processo de desenvolvimento, a coleção, conforme diziam os rumores, conterá os dois melhores jogos para o Playstation 2 produzidos pelo estúdio - Ico and Shadow of the Colossus – remasterizados em alta definição para o Playstation 3. O que surpreendeu a muitos é que os dois jogos terão suporte à tecnologia 3D e que Ico terá o final da versão Européia ao invés da versão americana, tornando-o um “jogo completo,” segundo Ueda.

A coleção terá apenas um disco com os dois jogos gravados nele, e chegará ao mercado na metade do ano que vem, de acordo com Ueda. As fontes vazadas nos sites das lojas informavam a data de Abril de 2011 para os EUA e Junho de 2011 para a Europa. Ainda não foram estipulados preços, mas o site da Wal-Mart mostrava o preço de menos de $40 ( R$ 72) para o mercado americano.

A coleção ainda não foi classificada pela ESRB ou PEGI. Anteriormente, Ico havia sido classificado como recomendado para qualquer um acima dos três anos na Europa e T (recomendado para adolescentes) pela ESRB, enquanto que Shadow of the Colossus acabou sendo classificado como +12 pela PEGI e T pela ESRB.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Last Guardian estará presente na TGS?
- A marca Playstation comemora 15 anos de existência no mercado norte americano
..............................................................................................................

Halo: Reach arrecada $200 milhões em 24 horas

O jogo de tiro exclusivo para Xbox 360 é chamado pela Microsoft como o “maior lançamento de entretenimento dos Estados Unidos em 2010”; os números das vendas não foram divulgados.


Para a alegria dos jogadores e para o desespero dos demais, Halo: Reach foi lançado na última terça. A Microsoft não poupou esforços para promover o lançamento do popular jogo de tiro, criando eventos à meia noite nas principais lojas dos Estados Unidos, e fazendo propaganda nos meios de comunicação com grande intensidade.

$200 milhoes em 24 horas = $8.333.333 por hora.


Uma das fases dessa campanha de marketing feita pela Microsoft é o inevitável anúncio de quanto o jogo conseguiu comercializar em seu primeiro dia. E nas primeiras 24 horas após o início das vendas no dia 14 de Setembro, Halo: Reach arrecadou mais de $200 milhões (R$ 360 milhões) nos Estados Unidos e na Europa – o Canadá não foi mencionado. Embora tenha sido menor que o recorde de lançamento de Call of Duty: Modern Warfare 2 – jogo multiplataforma que arrecadou $310 milhões (R$ 558 milhões) em 24 horas – os números de Reach foram suficientes para ultrapassar os $170 milhões (R$ 306 milhões) arrecadados com Halo 3 durante o seu primeiro dia de vendas em Setembro de 2007.

A Microsoft não divulgou os números das vendas de Halo: Reach, mas o chamou de o “maior lançamento de entretenimento dos Estados Unidos em 2010.” Este é o último jogo da série Halo a ser desenvolvido pelo seu criador, o estúdio Bungie. Antigamente o estúdio pertencia à Microsoft, mas em 2007 decidiu se separar para se tornar uma organização independente, apesar de a Microsoft ainda ser dona de uma boa parte de suas ações. Então, em Abril deste ano, a Bungie anunciou uma parceria de 10 anos com a Activision, que permitirá à distribuidora a lançar de forma exclusiva uma propriedade intelectual totalmente nova criada pelo estúdio.

Diferentemente de Halo, a nova série será multiplataforma e terá a Bungie como sua única dona. A Microsoft possui os direitos de uso da série Halo, e continuará promovendo a série. A empresa criou uma divisão totalmente nova, a 343 Industries, para estender a marca a outras formas de entretenimento, como quadrinhos, anime, livros, etc...


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Halo Reach é lançado na Austrália e na Inglaterra
- Modo cooperativo de Halo: Reach apresenta problemas no Xbox 360 de 4Gb
..............................................................................................................

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Epic Mickey fará sua estréia no dia 30 de Novembro

Disney e Junction Point firmam uma data concreta para o lançamento do jogo no Wii.


Durante a 2010 Penny Arcade Expo, o chefe do estúdio da Junction Point, Warren Spector, exortou aos jogadores hardcore a terem paciência com os desenvolvedores quando estes decidirem por criar um jogo que não se enquadre no gênero tradicional dos jogos hardcore. O discurso tem a ver também com ele, já que Spector tem trabalhado muito em Epic Mickey para a Disney Interactive Studios desde 2007, depois de ter criado uma reputação em grandes clássicos como Deus Ex, Thief, e System Shock.

Epic Mickey tem data marcada para chegar.


E na última quarta-feira, a DIS divulgou uma data exata para o conhecermos o resultado de todo o esforço de Spector, definindo o dia 30 de Novembro como a data de lançamento de Epic Mickey para o Wii. A Entertainment Weekly foi a primeira a receber a notícia, juntamente com um novo trailer do jogo.

Combinando elementos de ação e aventura, de RPG e de plataforma, Epic Mickey apresentará o mascote histórico da Disney lutando contra as abomináveis ilusões de Wasteland. A dimensão alternativa está povoada por diversos personagens da Disney, e Mickey enfrentará a sua jornada com a ajuda de seu fiel pincel de tinta. Com ela, os jogadores poderão alterar o modo como o mundo se parece, pintando algumas áreas e desbotando outras.

Além da versão normal ao preço de $50 (R$ 90), Epic Mickey também estará disponível eu uma outra edição por $70 (R$ 126). A edição de colecionador incluirá uma estatueta de 12,7 cm do Mickey, faces para personalizar console e controles com o tema do jogo e um disco de DVD com os bastidores de produção.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Epic Mickey ganha edição de colecionador
- Sid Meier’s Pirates! aterrorizará o Wii em Outubro
..............................................................................................................

Modo cooperativo de Halo: Reach apresenta problemas no Xbox 360 de 4Gb

Proprietários do mais novo modelo do Xbox 360 lançado pela Microsoft recebem mensagem de erro ao tentarem acessar o modo cooperativo; a Microsoft está “trabalhando para resolver” o problema.


No começo de Agosto, a Microsoft lançou no mercado a mais nova versão do Xbox 360, um modelo mais fino que inclui uma memória flash interna de 4Gb, conexão de rede sem fio embutida e cinco portas USB. Infelizmente, os proprietários do novo Xbox 360 de 4Gb ficaram incapacitados de acessar todas as opções multiplayer de Halo: Reach. Ao tentarem entrar no modo cooperativo, eles acabaram recebendo uma mensagem de erro relacionada à falta de hard drive.

Proprietários do modelo de 4Gb não conseguem jogar o modo co-op de Halo: Reach.


A mensagem indica que “um ou mais jogadores não possuem um Hard Drive do Xbox 360,” apesar da presença do drive de 4Gb, e diz ainda que “é necessário um Hard Drive do Xbox 360 para jogar o modo cooperativo na Xbox Live ou pelo link do sistema.” O blog sobre games Nukezilla levantou o problema e reportou também que conectar um HD externo na porta USB não resolve o caso.

A sessão de FAQs do site oficial do Xbox informa que isto é um problema conhecido, mas não oferece nenhuma solução imediata aos donos do Xbox 360 de 4Gb, e diz apenas que “algumas funções multiplayer de Halo: Reach requerem o hard drive certificado de Xbox 360.” Os proprietários do modelo de 4Gb não foram avisados sobre as limitações das funções multiplayer, exceto pela declaração na caixa do produto que fala que “algumas funções e downloads requerem um dispositivo adicional.” Pelo menos o problema parecer ser temporário, já que um representante da Microsoft disse à GameSpot que eles “estão a par do problema e estão trabalhando rapidamente para resolvê-lo.”

A nova configuração de 4Gb do fino Xbox 360S foi lançado em Agosto em substituição ao modelo Arcade. Assim como o Arcade, o modelo de 4Gb é o modelo mais barato que a Microsoft oferece no mercado. Entretanto, ele possui um drive de memória flash de 4Gb de armazenamento, uma capacidade bem abaixo se comparado com o modelo de 250Gb.

No site da desenvolvedora de Halo, a Bungie, os usuários postaram problemas semelhantes com ODST, sugerindo que o drive de 4Gb é reconhecido como uma memória flash interna, e não como um hard driver necessário para o funcionamento completo dos modos online.


FONTE: GameSpot.com e Nukezilla.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Halo Reach é lançado na Austrália e na Inglaterra
- Microsoft anuncia combinado do Kinect com o Xbox 360 de 250Gb
..............................................................................................................

Capcom adquire a Blue Castle Games

Distribuidora japonesa compra a desenvolvedora de Dead Rising 2; o nome do estúdio canadense será renomeado para Capcom Games Studio Vancouver.


Para o seu jogo de zumbis Dead Rising 2, a distribuidora japonesa Capcom decidiu mudar algumas coisas, transferindo o desenvolvimento do jogo para a Blue Castle Games. Anteriormente, o trabalho mais conhecido do estúdio canadense era o jogo de esportes The Bigs, fato que fez com que muitas pessoas se perguntassem se a Capcom tinha acertado na escolha da desenvolvedora para a produção de um título famoso. E parece que a Capcom está feliz com o resultado até agora, pois a distribuidora anunciou na última quarta-feira a aquisição de Blue Castle Games durante a sua coletiva de imprensa que antecedeu a Tokyo Game Show.
.
Case Zero foi bem recebido pelos jogadores.


O Diretor Mundial de Produção da Capcom, Keiji Inafune, disse que a Blue Castle será renomeada para Capcom Games Studio Vancouver mas não forneceu os valores do negócio. “Nós chegamos a um acordo, nós demos as mãos, e vamos seguir em frente,” falou Inafune, e adicionou dizendo que a aquisição faz parte da estratégia global da Capcom de explorar melhor o mercado ocidental.

Apesar de os frutos entre a parceria Capcom e a agora ex-Blue Castle Games se basearem em apenas um lançamento até agora - Dead Rising 2: Case Zero exclusivo para Xbox 360 – os resultados inicias são promissores. Inafune divulgou alguns dados sobre as vendas do título, dizendo que ele comercializou 500.000 unidades durante as duas primeiras semanas após o lançamento. Dead Rising 2 tem previsão mundial de lançamento para o final de Setembro.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
.............................................................................................................

Novo Devil May Cry e Asura's Wrath são anunciados pela Capcom

Capcom revela uma “reinvenção” da série de ação que será desenvolvida pela Ninja Theory e uma nova IP da CyberConnect2; capítulo final de Dead Space 2 também está á caminho.


No começo deste mês, o diretor administrativo da Capcom, Keiji Inafune, falou sobre a possibilidade de se fazer Devil May Cry 5. Ele disse na época que quando o desenvolvimento do jogo começasse, ele provavelmente seria feito com um foco mais voltado para o público ocidental. Apesar de a série ter ido bem no Japão, sendo responsável por boa parte das 2 milhões de unidades vendidas no mundo todo, Inafune disse que as vendas da série Devil May Cry na América do Norte e na Europa não tem sido tão boas.

Agora, Inafune não precisará mais tratar o novo capítulo da série apenas como uma possibilidade. Na última quarta-feira durante a conferência de imprensa da Capcom que antecedeu a Tokyo Game Show, a distribuidora japonesa anunciou que Devil May Cry 5 está mesmo em produção. A responsabilidade do desenvolvimento ficou por conta do estúdio britânico Ninja Theory, o mesmo time por detrás de Enslaved e Heavenly Sword.

Os detalhes do jogo ainda são escassos, mas a Capcom descreveu o novo jogo – que será chamado simplesmente de DMC – como uma “reinveção” da série, e apresentará um jovem Dante num período anterior ao primeiro jogo. O trailer mostrado na conferência de imprensa da Capcom mostra o jovem (e magro) Dante acorrentado pelos braços em uma sala de interrogatório, com cenas intercaladas mostrando o protagonista acabando com seus inimigos com suas duas pistolas e sua espada do jeito típico de Devil May Cry.



Assim como o último jogo da série, Devil May Cry 4 – DMC estará sendo lançado para Playstation 3 e Xbox 360.

Também durante o evento da Capcom pré TGS, a distribuidora anunciou uma propriedade intelectual totalmente nova chamada Asura's Wrath. A empresa está definindo o jogo – que está sendo feito pela desenvolvedora japonesa CyberConnect2 – como algo novo no gênero de ação, e o trailer do título divulgado parece mesmo indicar tal status.

O jogo parecer ter um ritmo rápido, com o protagonista mostrando ser capaz de sobreviver as perfurações de várias lanças, derrotando inimigos com um enorme pilar de pedras e até mesmo interrompendo o ataque de um enorme dedo de um inimigo do tamanho de um planeta. Nenhuma data de lançamento foi divulgada, mas Asura's Wrath estará saindo para Xbox 360 e PS3.


Por ultimo, os fãns de zumbis do Xbox 360 ganharam mais uma razão para comemorar. Além de serem os únicos a receberem o capítulo com os eventos anteriores a Dead Rising 2 que acabou de ser lançado, os donos do console da Microsoft receberão também um episódio exclusivo com o capítulo final, chamado de Dead Rising 2: Case West. Assim como o nome sugere, Case West apresentará o retorno do protagonista do primeiro Dead Rising, Frank West, que se unirá ao novo herói Chuck Greene na tentativa de combater a leva de mortos-vivos em modo cooperativo. Informações sobre data de lançamento não foram divulgadas.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Nova série da parceria Bungie/Activision terá uma engine totalmente nova
- Capcom quer Resident Evil 6 o quanto antes
..............................................................................................................

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Sony patenteia adaptador externo de retro compatibilidade

A fabricante do PS3 registra desenhos de esquemas por meio de um escritório de patentes no Japão que revelam um dispositivo capaz de rodar jogos antigos nos consoles da atual geração.


Parece que a Sony está pensando em voltar com a retro-compatibilidade dos jogos de Playstation 2 em seu Playstation 3. Conforme publicação feita na Siliconera, a distribuidora registrou uma aplicação de patente no Escritório de Patentes Japonês para um dispositivo externo que permitiria rodar jogos de consoles antigos em uma plataforma atual.

O adaptador seria mais ou menos isso. Simples!


Conforme detalhado nos desenhos dos esquemas escritos em japonês e traduzido pela Siliconera, o adaptador inclui um processador, um emulador/decodificador de DVD, um processador de áudio e um processador gráfico. Parece ainda que o dispositivo requer uma fonte de energia própria.

O assunto retro compatibilidade nos consoles da Sony possui uma longa história. Quando a Sony fabricou o Playstation 2, ela incluiu no console uma emulação de retro compatibilidade por software para os jogos de PS1, permitindo assim que a enorme leva de jogos do Playstation original pudessem ser jogados na plataforma. Inicialmente, a mesma idéia foi posta no Playstation 3, quando a Sony adicionou retro compatibilidade por hardware para jogos de PS2 e por software para jogos de PS1 nos modelos de 20Gb e 80Gb, os primeiros modelos PS3 a serem lançados.

O adaptador conectado ao console se pareceria assim.


Entretanto, a partir do modelo de 80Gb introduzido em 2007 no mercado, a Sony acabou optando pelo método de emulação por software também para os jogos de PS2. Após o lançamento do modelo de 40Gb no final daquele mesmo ano, a distribuidora decidiu por esquecer a retro compatibilidade para jogos de PS2, embora ainda seja possível rodar jogos de PS1 no sistema.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Nova patente da Sony detalha informações sobre controle por sensor de movimentos
- Sony patenteia tecnologia de sensor de emoções e reconhecimento de expressões faciais para games
..............................................................................................................

Nova série da parceria Bungie/Activision terá uma engine totalmente nova

Nova franquia do acordo de exclusividade de 10 anos terá tecnologia criada do zero pelo estúdio de Halo:Reach; número de funcionários da desenvolvedora chega a 180.


Com a concretização do lançamento de Halo: Reach na última terça-feira, as atenções da indústria dos games começam a se voltar para o próximo projeto da Bungie, que ainda é um mistério. Os únicos fatos revelados até agora são que se trata de uma propriedade intelectual totalmente nova que será distribuída pela Activision, e que será um jogo multiplataforma, com previsão de lançamento para pelo menos dois sistemas: Playstation 3 e Xbox 360.
.
A Bungie já está trabalhando em uma engine que será até mais poderosa que a usada em Halo: Reach.


Nesta semana, a Bungie revelou que o seu novo jogo também terá uma nova engine construída do zero. Conversando com a revista Develop, o diretor de comunicação social Brian Jarrard disse que a nova engine já está sendo feita.

Eu diria que ela está num estágio aonde, tecnicamente nós ainda estamos na fase final de pré-produção,” disse Jarrard sobre a nova engine. “Mas agora que Reach está pronto, toda a nossa equipe está focada no projeto. Algo grandioso está a caminho.”

Eu acho que vai de acordo com o nosso espírito de independência,” continuou ele. “Assim como nós não queremos desenvolver um jogo em cima da IP de outros, nós queremos a mesma coisa com a nossa própria tecnologia. Esta será a nossa posição para os próximos anos.”

Ironicamente, o acordo entre a Bungie e a distribuidora Activision vai além dos próximos anos. Em Abril, o ex-estúdio da Microsoft e a mega distribuidora fizeram um contrato que permitirá a esta última a distribuir de forma exclusiva a nova IP da Bungie pelos os próximos 10 anos. Mas este longo período de tempo não impediu os analistas de preverem que o primeiro jogo dessa misteriosa franquia venderá 10 milhões devido à força do nome Bungie.

Jarrard disse ainda que o número de funcionários da Bungie aumentou de 110 para 180 durante o desenvolvimento de Reach, obrigando o estúdio e se mudar de seu antigo prédio. Para efeitos de comparação, quando Halo: Combat Evolved foi lançado em 2001, a empresa possuia apenas 60 funcionários.


FONTE: GameSpot.com

..............................................................................................................
Outras notícias:
- Novo jogo da Bungie seria um RPG de ação?
- Reach será o último Halo da Bungie
..............................................................................................................

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Halo Reach é lançado na Austrália e na Inglaterra

Microsoft promove um evento oficial em Londres para a estréia do mais novo jogo da Bungie; em Sydney, mais de 200 fãns estiveram presentes para acompanhar o lançamento do jogo.


Desde o anúncio oficial de Halo: Reach feito durante a Electronic Entertainent Expo do ano passado, os fãns de Halo tem aguardado ansiosamente para poderem enfim experimentar o último trabalho da Bungie com o universo Halo. Se passando no planeta Reach, o jogo conta a história de um grupo de soldados das forças especiais Spartan no meio de uma guerra contra os Covenant na intenção de impedi-los de dominar o planeta.
.
Os veteranos da série Halo já sabem como a história termina, mas isso não impediu que cerca de 200 pessoas se alinhassem em fila na noite passada na porta da loja EB Games em Blacktown, Sydney, para adquirir uma cópia do jogo logo á meia noite. A loja forneceu uma porção de distrações para os consumidores que aguardavam o início das vendas, tais como músicas, bebidas, aperitivos e duas estações demo do Kinect. A GameSpot Austrália esteve no no local para cobrir o evento. Confira abaixo algumas fotos:

Enquanto aguardavam na fila, os consumidores podiam tirar fotos para criarem montagens no Photoshop, adicionando seus rostos ao corpo de um Spartan.
.
Duas estações demo do Kinect rodando Kinect Sports e Dance Central estavam disponível para os consumidores jogarem.

A EB Games presenteou as primeiras 300 pessoas que apareceram no local; nem precisa dizer que a pilha não durou por muito tempo.

“Você não pode entrar com estes sapatos, senhor.” Um marinheiro UNSC e um soldado ODST protegiam o canto enquanto as pessoas pagavam pelas suas pré-reservas assim que o relógio apontou meia noite.

Multiplique estas caixas por 50, e isto será mais ou menos a quantidade de caixas de Halo: Reach guardadas no estoque. Ainda bem que nenhum funcionário da EB Gmaes foi morto por ter derrubado caixas durante a meia noite.

Minutos antes do início da vendas de Halo: Reach, você encontrava fila de pessoas por todos os cantos no lado de fora da loja tentando entrar. Os funcionários fizeram um bom trabalho em manter a ordem no local e fazer o fluxo fluir.

Jayden Ashworth, do subúrbio de Eastern Creek, foi uma das primeiras pessoas a adquirir o jogo, e pousou para a foto juntamente com Master Chief e seus capangas – também, eles estavam portando artilharia pesada, vai dizer não pra ver!


Já em Londres, fans de Halo invadiram o shopping Westfield para serem os primeiros a conseguir uma cópia de Halo: Reach. As pessoas começaram a chegar por volta das 5:45 da manhã de ontem na loja GAME para o lançamento da meia-noite, com vários aficionados se vestindo à caráter para a ocasião. Confira abaixo algumas fotos do lançamento em Londres.

Fãns começaram a chegar por volta das 5:45 da manhã para garantir uma cópia de Halo: Reach.


Halo Reach foi lançado hoje no Reino unido com grandes expectativas. Haloe 3 era o maior lançamento de um produto na história do entretenimento quando ele foi lançado em 2007. Entretanto, ele foi ultrapassado em 2008 por Grand Theft Auto IV e em 2009 por Call of Duty: Modern Warfare 2, embora há de se notar que estes dois últimos foram lançamentos multiplataforma. Dados do lançamento de Reach ainda não foram anunciados, mas nós poderemos ver como foi sua a estréia quando o quadro de vendas do Reino Unido for divulgado na próxima segunda-feira.

Fãns de Halo: Reach abrindo a carteira em plena meia noite.

Edição Legendária de Halo Reach disponível nas prateleiras da loja.


..............................................................................................................
Outras notícias:
- Jogadores com versões piratas de Halo: Reach estão sendo banidos pela Microsoft
- Novo controle do 360 terá direcional alternado
..............................................................................................................